quinta-feira, 25 de julho de 2024 / 15:46
InícioCidadesPipoqueiro pede ajuda nas redes sociais "preciso trabalhar!"

banner topo matérias 728x90px

Pipoqueiro pede ajuda nas redes sociais “preciso trabalhar!”

O “Baiano da Pipoca”, como é conhecido pelos alunos do Sesi e moradores da região, fez um apelo emocionante na sua rede social que está comovendo os capixabas. O senhor Manoel Del, identidade por trás e do Baiano da Pipoca, trabalha há dez anos vendendo pipocas e doces em frente ao Sesi, mas foi informado pela direção da instituição que não poderá continuar no local.

Segundo depoimento do Baiano, a gerência do colégio Sesi, em Araçás, Vila Velha, o retirou do local de trabalho sem dar nenhuma explicação ou aviso prévio.

Manoel afirma em seu pedido de ajuda que já passa por dificuldades financeiras e pede ajuda aos capixabas.

“Eu sou Manoel, conhecido também como Baiano da Pipoca, trabalho a pouco mais de 10 anos no Sesi Araçás vendendo minhas pipocas e doces. Há alguns dias atrás, fui retirado pelo gerente do Sesi do meu local de trabalho sem nenhuma explicação ou algum aviso da gerência. Esse é o meu ganha pão. Gostaria de pedir aos gestores que revejam a decisão. Preciso trabalhar!”

O outro lado

Através da sua assessoria de comunicação, o  Sesi enviou a seguinte nota ao Realidade Capixaba:

“Sobre essa demanda, o Serviço Social da Indústria no Estado do Espírito Santo explica que houve uma reforma de grande magnitude na unidade (mais detalhes podem ser conferidos nesta matéria: http://www.sistemafindes.org.br/2017/06/28/sistema-findes-inaugura-unidade-centromoda-no-senai-aracas/. Entre as ações de melhoria, houve uma mudança no local da portaria. Então, o profissional citado na reportagem, que anteriormente ficava em frente à portaria, permanece em frente à portaria. A rigor, o que mudou foi a portaria. A alteração já era de conhecimento do profissional ao contrário do que foi publicado.
Informamos, ainda, que não é permitida a venda, na unidade, de alimentos fora do ambiente da cantiga, pois a concessão é feita em forma de licitação. Como qualquer licitação, a participação na concorrência é pública e todas as empresa que cumpram os requisitos necessários podem pleitear. O endereço para acompanhamento das publicações é: http://www.sistemafindes.org.br/licitacoes ” (SIC)

 

 

Reportagem, Joice Biane.

banner lateral 300x300px 2

13 COMENTÁRIOS

  1. Nem vão ter nenhuma resposta. Sesi é isso. Nada transparente. A organização FINDES financia o governo e, portanto, tem que dar o exemplo de não concordar com ambulantes.
    É realmente muito triste. Convivi com ele durante os meus últimos 6 anos na escola, ver isso acontecer é decepcionante.

  2. Caramba.Nao ouso acreditar que este Sr foi impedido de trabalhar pelo SESi???Alegando o quê???Coibir depois de 10Anos???E. Os alunos n sabem que força exercem hoje .??Internet.Redes Sociais…Ai vamos mobilizar e trazer este Sr a retornar para seu trabalho

  3. Após esta modificação no Sesi, apareceu novos ambulantes fixos no lado externo da escola. Penso que ele deveria estar ali também para que os alunos e pais possam ter contato com ele, entender o que está acontecendo e lutar junto com ele para que volte lá pra dentro. Eu sou mãe de aluno, e só fiquei ciente do assunto por aqui. Distribuam cartazes ao redor da escola, nas mãos dos pais durante o horário de chegada dos alunos…. Isso ajuda.

  4. Muito triste isso.
    Lembrando que o Baiano ja faz parte da história e da vida de nossas crianças, ele é muito querido por todos os alunos que o adimiram e respeitam. O meu filho estuda no SESI e fala muito sobre o sr. Baiano.
    Precisamos fazer algo para ajuda-lo!

  5. Injustiça!!!!! Meus filhos já compraram muito com ele e tenho certeza que o dinheiro recebido com o suor do seu trabalho baiano foi bem destinado. “BRASIL MUDA A SUA CARA” DEIXA O POVO SER HONESTO!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

banner lateral 300x300px 2

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

banner lateral 300x300px 3