Anchieta x Covid-19: Vereador anuncia movimentação do Executivo para vacinação em massa da população do município

Publicidade

banner topo matérias 728x90px

O Presidente da Câmara de vereadores de Anchieta, Edson Wando (MDB), anunciou que a prefeitura municipal iniciou conversa com a biofarmacêutica AstraZeneca.

A sessão da Câmara de Anchieta da última terça feira (09/03) levou esperança à população do município; O Presidente Edson Wando (MDB) apresentou um requerimento de sua autoria em que solicita ao prefeito Fabrício Petri (MDB) estudar a possibilidade da compra das vacinas do covid-19 para que se dê início, o mais rápido possível, ao plano municipal de vacinação com foco na imunização em massa dos moradores locais. Edson esclarece a necessidade urgente da negociação como forma do município “preencher uma lacuna deixada pelos governos Federal e Estadual”.

Durante sua fala, o presidente da casa esclareceu que recebeu resposta da prefeitura comunicando que já foram feitos os primeiros contatos com o laboratório AstraZeneca, responsável pela vacina de Oxford. Nesse contato o laboratório detalhou os trâmites necessários para a aquisição das doses de vacinas. Edson esclareceu que todos os detalhes técnicos e legais estão sendo estudados pela prefeitura em conjunto com os órgãos sanitários Estaduais e Municipais para que a aquisição das doses respeite todos os protocolos e que seja concretizada o quanto antes. Após apresentação do requerimento, os demais vereadores da casa se uniram a causa e também assinam o requerimento.

No tema saúde, o vereador Robson Santos (AVANTE), utilizou a tribuna para requerer à secretária municipal de Saúde,  Jaudete Silva Frontino, mais transparência nos atos da Secretaria quanto às informações sobre a vacinação do Covid-19. O vereador pede que seja publicado no site da prefeitura, para acesso de toda a população, a relação das pessoas que receberam a vacina contra covid-19 no município.

A sessão teve também destaque para as condições dos professores no retorno das aulas no município. A vereadora Marcia Cipriano (PODE), apresentou requerimento onde questiona a Secretaria de Educação sobre as condições e recursos dos professores municipais para o exercício de suas funções no modelo de aulas Online. A vereadora afirma que tem recebido várias reclamações de professores que relatam falta de internet e de locais adequados nas escolas para que os professores possam trabalhar nas transmissões das aulas ao vivo para os alunos que optaram pelo ensino remoto.

Ainda durante a sessão, Margarete Toffoli Alpoim fez uso da tribuna livre para alertar e clamar pelo apoio dos vereadores. Mãe de uma criança com deficiência, Margarete relatou, em nome de todos os familiares de PcD do município, a dificuldade de acesso e a falta de um local adequado para o tratamento dessas crianças. Margô, como é conhecida, pediu apoio do legislativo para a implantação, no município, de um Centro de Especialidades para o atendimento das crianças com deficiência.

A necessidade urgente da implantação do Centro de Especialidades foi entendida e abraçada por todos os vereadores da casa que se comprometeram a apoiar a causa.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui