quarta-feira, 19 de junho de 2024 / 01:42
InícioCidadesMais de 30 mil famílias do ES ainda não agendaram a substituição...

banner topo matérias 728x90px

Mais de 30 mil famílias do ES ainda não agendaram a substituição gratuita da antena parabólica

Das mais de 49 mil famílias do Espírito Santo que podem ser beneficiadas pela substituição gratuita das antenas parabólicas tradicionais, apenas cerca de 19,2 mil já garantiram o benefício.  A substituição é necessária porque, em breve, as parabólicas tradicionais deixarão de funcionar. Isso significa que quem não fizer a atualização para o modelo digital ficará sem sinal de TV. 

A Siga Antenado é uma entidade sem fins lucrativos e é a responsável pela realização do serviço. A troca da antena é gratuita para famílias de baixa renda, que atendam alguns requisitos, como fazer parte de algum programa social do Governo Federal (CadÚnico) e ter na residência uma parabólica tradicional instalada e funcionando.

Alfredo Chaves, Cariacica, Colatina, Guaçuí, Linhares, Marataízes, São Mateus, Serra, Vila Velha e Vitória estão entre as cidades capixabas com menor procura por agendamento junto à Siga Antenado. Apenas 1,5 mil das mais de 12,2 mil famílias desses municípios já tiveram seus equipamentos substituídos. Já Cachoeiro de Itapemirim teve cerca de um terço da adesão esperada: das 1.274 famílias que podem estar aptas ao benefício, 468 já tiveram o kit da parabólica digital instalado.

Vitória foi a primeira cidade do ES a abrir agendamentos, em agosto de 2022. Desde então, todos os demais municípios foram contemplados gradativamente pelo programa. Em todo o Brasil, a Siga Antenado já realizou mais de 2 milhões de instalações dos kits gratuitos de parabólica digital. A iniciativa é parte do esforço contínuo para apoiar as famílias de menor renda durante a migração do sinal de TV das parabólicas tradicionais para as novas parabólicas digitais, processo fundamental para garantir o acesso à televisão após a ativação da tecnologia 5G. O marco de 2 milhões de kits gratuitos com a nova parabólica digital instalados foi alcançado apenas seis meses após a conquista do primeiro milhão. 

Como solicitar

A substituição da parabólica é necessária porque a tecnologia 5G utiliza uma faixa de frequência muito próxima à Banda C, por onde passa o sinal das antenas tradicionais. Dessa forma, à medida que o 5G é ativado nas cidades, os usuários da parabólica tradicional podem sofrer com interferência e até a perda completa do sinal de TV. 

Quem já assiste à TV pelo sinal digital terrestre (antena espinha de peixe), pela parabólica digital, por streaming (internet) ou é cliente de TV paga, não precisa fazer nada, pois não sofrerá qualquer impacto pela mudança.

Para saber quem tem direito ao kit com a nova parabólica digital, a população deve entrar em contato com a entidade por meio do site sigaantenado.com.br ou pelo telefone 0800 729 2404.  Para agendar a troca, basta ter em mãos o número de CPF ou do NIS (Número de Identidade Social). Após a confirmação de que os critérios foram atendidos, será feito o agendamento para a ida do técnico à residência. Tanto o equipamento quanto a instalação são totalmente gratuitos.

Sobre a Siga Antenado

Siga Antenado é o nome fantasia da EAF (Entidade Administradora da Faixa), criada por determinação da Anatel. É a entidade responsável por apoiar a população durante a migração do sinal de TV utilizado pelas parabólicas tradicionais (Banda C) para o sinal das parabólicas digitais (Banda Ku). A Siga Antenado é formada pelas operadoras Claro, TIM e Vivo, que foram as vencedoras dos blocos nacionais do leilão do 5G, com as licenças da faixa 3,5 GHz. 

Fonte: Assessoria

banner lateral 300x300px 2

banner lateral 300x300px 2

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

banner lateral 300x300px 3