Início Economia Academia de Gestão Municipal debate sobre captação de recursos dos municípios

Academia de Gestão Municipal debate sobre captação de recursos dos municípios

banner topo matérias 728x90px

Durante o curso, gratuito e on-line, da Academia de Gestão Municipal, realizado na última terça-feira (20), representantes do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) participaram do módulo sobre “Elaboração de Projetos voltados para Captação de Recursos”, ministrado por Vinnicius Ventura, especialista em Gestão Pública Municipal e que, atualmente, atua como consultor em capacitação de recursos para as prefeituras.

Segundo Ventura, durante o módulo são apresentadas todas as opções de financiamento para os municípios, com linhas de crédito, que são grandes oportunidades de investimentos.

O diretor de Administração e Finanças do Bandes, o economista Sávio Bertochi Caçador, apresentou aos participantes o papel e as funções de um banco de desenvolvimento seja no financiamento, seja como ferramenta de articulação de políticas públicas abrangentes para as regiões do Estado.

Outra participação no debate foi a da consultora Ivone Pereira Ponte, que orientou os representantes municipais sobre como projetar a captação de investimentos por meio de Concessões e Parcerias Público-Privadas. “Esse tipo de ação é uma terceira forma de atuação do banco capixaba junto às prefeituras, que vai além do crédito e da atuação setorializada em conjunto com políticas de desenvolvimento”, pontuou.

A capacitação, que acontece desde abril e segue até outubro deste ano, é promovida pelo Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), e conta com aulas ministradas por especialistas em áreas estratégicas, como planejamento público, educação fiscal, captação de recursos, controle e transparência, entre outros temas. Os inscritos acompanham as aulas ao vivo e o conteúdo fica disponível na plataforma do curso durante seis meses após a sua realização.

A Academia de Gestão Municipal é uma iniciativa que envolve, além do Bandes e o IJSN, a Escola de Serviço Público do Espírito Santo (Esesp); as Secretarias da Casa Civil, de Economia e Planejamento, de Gestão e Recursos Humanos e a da Fazenda; o Tribunal de Contas do Espírito Santo; e a Associação dos Municípios do Estado do Espírito Santo (Amunes), entre outros parceiros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

banner lateral 300x300px 2

Anuncio de video

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -
- Publicidade -