Início Cidades Transporte coletivo para de funcionar a partir de domingo (28)

Transporte coletivo para de funcionar a partir de domingo (28)

banner topo matérias 728x90px

O Governo do Estado anunciou, nesta quinta-feira (25), a suspensão do transporte coletivo em todo o Espírito Santo a partir deste domingo (28) até o dia 04 de abril, como medida restritiva adicional visando o enfrentamento ao novo Coronavírus (Covid-19). A medida vai atingir 100% dos coletivos dos serviços metropolitano (Sistema Transcol), rodoviário (intermunicipal e interestadual) e os municipais nas cidades que possuem o serviço. O transporte férreo de passageiros também ficará suspenso neste período.

De acordo com o secretário de Estado de Mobilidade e Infraestrutura, Fábio Damasceno, a decisão foi tomada com objetivo de reduzir a interação entre as pessoas. “Estamos em um momento crítico e para frear o avanço da contaminação do novo coronavírus precisamos reduzir drasticamente a mobilidade das pessoas nas cidades e entre elas. É uma medida extrema que só está sendo adotada porque verificamos que a primeira semana de quarentena não reduziu o deslocamento das pessoas como esperávamos”, explicou.

No serviço metropolitano de transporte coletivo (Transcol), a redução de passageiros foi em média de 20%, quando o esperado para o período de quarentena era uma redução de 50%.

Ainda de acordo com o secretário, a medida foi debatida com a Secretaria da Saúde (Sesa). “Esse é um termômetro que demonstra uma baixa adesão à quarentena. Ainda temos muita gente circulando, indo para outras cidades e interagindo com pessoas que estão fora do seu círculo residencial. Quando estão no transporte coletivo, a maioria das pessoas respeita os protocolos sanitários. Mas ao chegarem em seu destino, em algum momento, elas relaxam os cuidados, tiram a máscara para conversar, descuidam do distanciamento, etc. Então essa medida tem o objetivo de conter esse deslocamento para reduzir a interação”, pontuou Fábio Damasceno.

Apoio aos Serviços de Saúde

Uma parte da frota do Sistema Transcol será disponibilizada para dar apoio aos serviços de saúde para o transporte exclusivo de profissionais. As Secretarias da Saúde (Sesa) e de Mobilidade Urbana e Infraestrutura (Semobi) e a Companhia Estadual de Transportes Coletivos de Passageiros do Estado do Espírito Santo (Ceturb-ES) estão montando a logística para garantir que os serviços não sejam prejudicados pela suspensão temporária do transporte coletivo.

Fonte: Governo do ES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

banner lateral 300x300px 2

Anuncio de video

HTML Code here

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -
- Publicidade -