Suplente que mandou torturar vereador capixaba foi preso. Veja vídeo

Publicidade

banner topo matérias 728x90px

Nessa sexta-feira, dia 05 de março, a equipe da Polícia Civil de Brejetuba recebeu uma informação de que Josué José Celírio, o mandante da extorsão mediante sequestro do Vereador Antônio da Saúde, estaria foragido na cidade do Rio de Janeiro.

Por volta das 10h da manhã, o Delegado Cláudio Rodrigues Araujo, titular de Brejetuba fez contato com o Major PM Marcos André Dias Corrêa – Chefe da P1 do 4° BPM, que colocou o Delegado em contato com o Major PM Paulo Fernando Rattes Moreira – SubComandante do 40° BPM, área onde estava escondido Josué.

Após cruzamento de dados de inteligência realizados pela 2º seção, foi possível identificar a residência e o local de trabalho do sobrinho do acusado, bem como de uma irmã do mesmo, que serviriam de esconderijo para o foragido.

Diante das informações, agentes da 2º Seção do 40° BPM, foram à Rua Conceição do Castelo, Cosmos – RJ, onde identificaram o sobrinho que, após tomar conhecimento dos fatos, levou a equipe ao local onde o tio estava escondido, em Paciência – RJ. No local, foi dada voz de prisão ao foragido que não ofereceu resistência.

Entenda o caso

O acusado, que possui mandado de prisão em seu nome, é primeiro suplente ao cargo de vereador da Cidade de Brejetuba/ES, e é acusado do crime de extorsão mediante sequestro do vereador Antônio da Saúde, fato ocorrido no dia 17/02/2021. O sequestro do vereador, segundo investigações da Polícia Civil do Espírito Santo, teria o escopo de fazer com que o mesmo assinasse sua renúncia ao cargo, para que o acusado pudesse assumir seu lugar na Câmara de Vereadores da Cidade (Vereador que renunciou foi ameaçado por pistoleiro contratado por suplente).

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui