Projeto emite documentos para pessoas que necessitem de atendimento especial

Publicidade

banner topo matérias 728x90px

O Governo do Estado lançou, na última terça-feira (25), o projeto Carteira de Identidade Solidária, que vai garantir o requerimento e a emissão da Carteira de Identidade (RG) para as pessoas que necessitem de atendimento especial. O projeto atenderá em domicílio a pacientes de casas de repouso, abrigos de menores e hospitais, além de pessoas que, por limitações de locomoção, estão impossibilitadas de se dirigir a um Posto ou ao Departamento de Identificação da Polícia Civil do Espírito Santo (PCES).

O projeto faz parte do eixo social do Programa Estado Presente em Defesa da Vida e reforça o compromisso da PCES em adotar sempre uma melhoria contínua no atendimento à população, garantindo a defesa da dignidade da pessoa humana com a valorização e o respeito à cidadania, assegurando direitos e garantias individuais. Foi disponibilizada à equipe uma viatura policial customizada e exclusiva para as atividades do projeto, além de um novo espaço para o trabalho.

O governador do Estado, Renato Casagrande, visitou o espaço e conheceu a infraestrutura que vai atender ao projeto. “É importante poder levar esse serviço de confecção da Carteira de Identidade aos portadores de comorbidades ou de alguma outra dificuldade de acesso. Se a pessoa não puder ir até o local de confecção de RG, levamos o serviço até elas”, disse.

Projeto Carteira de Identidade Solidária

O Departamento de Identificação (Dei) percebeu uma demanda crescente por parte de uma clientela especial, que precisa de um atendimento diferenciado em decorrência da impossibilidade de se locomover aos Postos de Identificação para o requerimento da Identidade Civil ou emissão da Carteira de Identidade Civil.

As condições de acessibilidade complicadas durante o percurso, limitações de movimento relacionadas à obesidade mórbida, hospitalizações com perdas de memória, debilidades mentais, limitações físicas em geral podem limitar o exercício da cidadania. Dessa forma, para cumprir o importante papel na defesa desse direito, a Polícia Civil elaborou o Carteira de Identidade Solidária.

O projeto é uma relevante prestação de um serviço solidário e cidadão para uma clientela socialmente “invisível”, que busca agilizar cerca de 80% do atendimento das demandas sociais reprimidas, com um atendimento efetivo de cadastramento e coleta in loco, na elaboração do documento no Departamento de Identificação (Dei) e entrega no prazo médio de 96 horas.

A solicitação desse serviço deve ser agendada por meio do telefone (27) 3382-5024. Nesse primeiro contato, é informada a documentação necessária para emissão do RG e feita a triagem para verificação se a pessoa se enquadra nos critérios do projeto.

Fonte: Governo do ES

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui