Início Noticias Operação Sceleratus apreende 14 armas e prende 11 pessoas na Grande Vitória

Operação Sceleratus apreende 14 armas e prende 11 pessoas na Grande Vitória

banner topo matérias 728x90px

Durante ações da primeira fase da Operação Sceleratus, realizada pela Divisão Especializada de Repressão ao Crime de Patrimônio (DRCCP) da Polícia Civil (PCES), no mês de junho, 11 pessoas foram presas e 14 armas apreendidas. 

“Estavam acontecendo muitos latrocínios e roubos, que tiravam a vida das pessoas. A operação foi desenvolvida para combater esses criminosos, que causam o aumento do índice de crimes de patrimônio, tirando a vida das pessoas e a tranquilidade”, contou o delegado José Lopes, titular da Superintendência da Polícia Especializada (SPE).

O chefe da Divisão de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio, delegado Gabriel Monteiro comentou sobre a operação. “Desenvolvemos desde o mês de junho, um serviço de inteligência e investigação de apuração desses crimes, direcionado ao patrimônio, sendo especificamente voltados ao roubo de cargas, de estabelecimentos comerciais e roubo a pessoas. Retirando as armas que circulam na sociedade, conseguimos evitar latrocínios, roubos, homicídios e diversos outros crimes. Acontecerão outras fases dessa operação, e as pessoas que ainda não foram presas, já foram identificadas”, disse o delegado Gabriel Monteiro.

Durante as operações, um homem foi preso e um adolescente de 17 anos foi apreendido, no dia 25 de abril, no bairro Ponta da Fruta, em Vila Velha. O assalto realizado pela dupla foi a uma loja de roupas no Centro de Vitória. O adolescente foi encontrado pela equipe policial dias depois do crime. Na residência dele foi encontrada, escondida dentro de uma caixa, uma espingarda calibre .12 de fabricação caseira.

“No interior da residência havia essa arma de fabricação caseira, calibre .12, de grande potencial ofensivo. Ele admitiu que a arma era dele, e confessou o roubo na loja, o roubo a um cidadão também no Centro de Vitória e também confessou que praticava vários roubos em transportes coletivos. Inclusive, ele nos falou que comprou a arma por R$ 2 mil e que a partir de então, ele começaria a praticar os roubos de posse dessa arma”, explicou o titular da Delegacia Especializada de Segurança Patrimonial (DSP), o delegado Gianno Trindade.

Nesta operação, a Polícia Civil (PCES) também prendeu um homem suspeito de ser integrante de uma associação criminosa especializada em roubar relógios de luxo na Grande Vitória. As investigações apontam que esse grupo atuava em toda a Região Metropolitana, há pelo menos um ano e são pessoas vinculadas ao tráfico de drogas. 

Durante todo o mês de junho a polícia focou nas investigações de roubo de cargas. Três indivíduos foram detidos. “Estamos investigando um roubo que aconteceu no dia 1º de junho de uma carga com materiais eletrônicos avaliada em R$ 200 mil. O roubo ocorreu em Cariacica. A carga foi descarregada no Morro do Jaburu, em Vitória. Recebemos uma denúncia de que um dos criminosos envolvidos nesse roubo foi localizado no município da Serra. Policiais se dirigiram ao local da denúncia e ao chegar lá, três homens foram presos com armas de fogo e aproximadamente um quilo de maconha”, disse o titular da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC), o delegado Brenno Andrade.

De acordo com o delegado Gabriel Monteiro, houve uma queda no número de roubos nos municípios da Grande Vitória neste ano, se comparado ao mesmo período do ano passado. “Em relação a roubos a pessoas, a queda foi de 18%, em transportes coletivos, de 36% e em relação aos estabelecimentos comerciais, a queda foi de 5%, um índice significativo dentro desse período”, pontuou o delegado.

Fonte: Sesp/ES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

banner lateral 300x300px 2

Anuncio de video

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -
- Publicidade -