Início Noticias Guarapari pode eleger três deputados estaduais em 2022

Guarapari pode eleger três deputados estaduais em 2022

banner topo matérias 728x90px

Política em um minuto – 28/04/2021

O município de Guarapari possui mais de 90 mil eleitores, mas historicamente, em média 65 mil comparecem às urnas para votar. Na eleição de 2018, quando Carlos Von (Avante) se elegeu deputado estadual com mais de 12 mil votos, Guarapari quase elegeu mais dois deputados: Gedson Merízio (PSB) com mais de 10 mil votos e Wendel Lima (PTB) com mais de 8 mil votos na cidade, por pouco não se elegeram também.

2022

Se em 2018 a disputa ficou entre Carlos Von, Gedson Merízio e Wendel Lima, em 2022 a disputa por uma cadeira de deputado estadual deve ficar entre Carlos Von (Avante), Rodolfo Mai (Cidadania) e Tyago Hoffmann (PSB).

Carlos Von

O deputado estadual Carlos Von deve ter facilitada a sua reeleição por conta do número reduzido de candidatos com domicílio eleitoral em Guarapari. O que se comenta no meio político é que a entrada de Rodolfo Mai na disputa deve “impedir” que candidatos “menores” disputem a eleição. Rodolfo é empresário da construção civil e presidente do Sindicato da Indústrias da Construção Civil de Guarapari (Sindicig), setor que sempre financiou um grande número de candidatos e na próxima eleição deve “cobrar a conta” impedindo que candidatos “nanicos” entrem na disputa e dividam o eleitorado. Se esse cenário se confirmar, o número de candidatos deve diminuir e com isso “sobrariam” mais votos para quem entrar na disputa. Com isso, sem Gedson e Wendel na disputa e com a construção  civil “cobrando a conta” a reeleição de Carlos Von deve ser facilitada com o deputado ampliando o número de votos na cidade.

Rodolfo Mai

O empresário Rodolfo Mai conta com dois grandes apoios políticos: o deputado federal Da Vitória (Cidadania) e o prefeito de Guarapari Edson Magalhães (PSDB). A previsão no meio político é que sem Wendel na disputa, Edson consiga de 5 a 8 mil votos para Rodolfo que deve utilizar da força da construção civil para conseguir mais 5 mil votos. Com isso, Rodolfo precisaria conquistar mais 10 mil votos fora de Guarapari para superar o colega de partido Fabrício Gandini, eleito em 2018 com mais de 20 mil votos.

Para conquistar votos fora da cidade, Rodolfo conta com o apoio do deputado federal Da Vitória, que além de abrir espaços em seu gabinete para apoiadores de Rodolfo, deve abrir para o empresário outros redutos eleitorais do deputado.

Thiago Hoffman

O braço direito do Governador Renato Casagrande (PSB), deve ser a grande novidade no cenário político da cidade. De perfil técnico, Tyago Hoffmann vai disputar sua primeira eleição e conta com a força do partido na cidade para conquistar 8 mil votos em Guarapari. Tyago Hoffmann foi secretário municipal em Vitória e atualmente é secretário de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Desenvolvimento Econômico (Sectides).

Aliados de Tyago comparam sua trajetória a do ex-deputado Rodrigo Chamoun, que se destacou como o deputado que mais trouxe recursos para Guarapari. No cenário político Tyago Hoffmann é apontado como grande aposta do governador Renato Casagrande e possui a simpatia da executiva estadual do PSB, o que deve proporcionar a Hoffman um apoio em massa da militância do partido em todo o estado.

Em 2018, o PSB elegeu dois deputados estaduais: Sergio Majeski e Bruno Lamas. Para se eleger, Tyago precisa conquistar ao menos 17 mil votos para superar Bruno Lamas, que foi eleito com pouco mais de 16 mil. Na conta do PSB, com Gedson disputando uma vaga de deputado federal, o partido em Guarapari deve conseguir de 5 a 8 mil votos para Tyago e o restante dos votos necessários estaria na força do PSB estadual e no apoio do Governador Renato Casagrande.

Guarapari pode eleger três deputados estaduais em 2022

Em 2018, por pouco Guarapari não elegeu três deputados, colocando Gedson do PSB como 2ª suplente e Wendel como 1ª suplente do PTB, além de eleger Carlos Von pelo Avante. O que faltou para Gedson e Wendel se elegerem foi conseguir votos fora da cidade. Para Gedson faltaram pouco mais de 3 mil votos e para Wendel pouco mais de 1 mil votos.

Carlos Von foi eleito com 14.699 votos e pode conseguir essa votação apenas com os eleitores de Guarapari. Wendel Lima conseguiu mais de 8 mil votos na cidade-saúde e a previsão é que Edson e a construção civil consigam superar essa votação para Rodolfo Mai. O PSB de Guarapari já conseguiu 20 mil votos para Rodrigo Chamoun em 2010 e mais de 10 mil votos para Gedson em 2018. Dessa vez, o partido espera conseguir ao menos 8 mil votos para Tyago Hoffmann.

banner lateral 300x300px 2

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

banner lateral 300x300px 2

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -
- Publicidade -