Estado ganha mais 18 leitos para tratamento da Covid-19

Publicidade

banner topo matérias 728x90px

O Governo do Espírito Santo entregou, nesta segunda-feira (15), mais 18 leitos de Unidade de Terapia Intensiva no Hospital Estadual Dório Silva, na Serra, para o atendimento exclusivo a pacientes com casos graves do novo Coronavírus (Covid-19). O anúncio foi feito pelo governador Renato Casagrande, durante transmissão ao vivo pelas redes sociais.

“Estamos abrindo mais 18 leitos de UTI para fazermos a gestão na luta contra a Covid-19. Bom que a gente continue com essa política de abertura de leitos. O Espírito Santo tem o maior número de leitos per capita do Brasil. Vamos abrir mais 22 leitos de UTI no hospital estadual em São José do Calçado. Fechamos ontem com 88% de ocupação de leitos de UTI. Estamos chegando ao nosso limite e essa última noite foi de muita pressão com pacientes demandando leitos”, afirmou o governador.

A ampliação destes leitos faz parte de uma adequação estrutural realizada no Hospital com a reabertura da UTI 3 para o tratamento da Covid-19. Os investimentos estaduais para adequação estão estimados em R$ 65 mil.

Em 2020, o Hospital Dório Silva passou por uma ampla reforma, com obras para ampliação dos leitos pelo “Programa Leitos Para Todos”. Atualmente, com a nova adequação do espaço, a unidade passará a disponibilizar 42 leitos de UTI exclusivos para a Covid-19.

Em sua fala, o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, ressaltou que o dia será de reuniões com a rede privada e filantrópica de hospitais do Estado e que a Secretaria está redimensionando a programação de ampliação de leitos.

“Estamos redimensionando a programação de ampliação de leitos para poder responder de maneira adequada ao momento grave de crise. Já estamos com o gabinete de resposta rápida em atividade desde cedo e o final de semana também foi de trabalho. Hoje teremos reuniões com os hospitais privados para desenhar estratégias comuns às redes pública e privada. Também nos reuniremos com os hospitais filantrópicos do Estado”, pontuou Nesio.

O governador informou ainda que estará reunido com os chefes dos Poderes, empresários e lideranças da sociedade civil para a preservação da capacidade de atendimento. “O momento exige responsabilidade de cada um. A situação se agravou muito no Brasil e também no Espírito Santo. Infelizmente, vemos muitas pessoas se aglomerando, fazendo festas”, afirmou Casagrande.

Fonte: Governo do ES

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui