Câmara de Vereadores de Anchieta: Retorno da Samarco, PA e obras da BR 101 foram temas debatidos

Publicidade

banner topo matérias 728x90px

Plano de retorno da Samarco, falha na higiene e abastecimentos de itens essenciais no PA e preocupação com obras da BR 101, estão entre as pautas da Câmara de vereadores de Anchieta

Durante a sessão presidida pelo vereador Renan Delfino (PP), os parlamentares comunicaram o início das conversas com a mineradora e também solicitaram a presença da secretária municipal de Saúde e de representantes da concessionária ECO 101 para prestarem esclarecimentos à população.

A sessão de retorno, pós-recesso de carnaval, realizada na última terça-feira (23/02), foi presidida pelo vereador Renan Delfino (PP) e teve como vice-presidente a vereadora Márcia Cypriano (Pode).

O presidente da sessão detalhou a conversa que os parlamentares tiveram com parte da equipe regional da Samarco. Renan usou a tribuna da casa para falar sobre o processo de retomada das atividades da mineradora. Segundo o vereador, o plano de retorno apresentado pela Samarco aos vereadores é de que em, no máximo, nove anos as quatro usinas estejam funcionando com produção total: 100%. Para os próximos quatro a cinco anos a expectativa é que a mineradora atinja em torno de 66% da produção. Atualmente a Samarco opera apenas com a 4° usina em funcionamento.

Durante sua fala, o vereador afirma que foi reforçado o pedido de que 70% da mão de obra da mineradora seja local. Renan também fez um apelo aos comerciantes de Anchieta; que se cadastrem no programa “força total”, para que possam fornecer produtos e serviços a Samarco.

Outra pauta da sessão é de autoria da vereadora Marcia Cypriano (Pode), que usou a tribuna para esclarecer o motivo do requerimento de convocação da secretária municipal de Saúde, Jaudete Silva Frontino, à casa de leis. A vereadora relata que tem recebido várias queixas acompanhadas de fotos e vídeos registrando situações alarmantes no Pronto Atendimento de Anchieta: Falta de lençóis na unidade e higienização precária nas macas e poltronas da sala de internação. A parlamentar se disponibilizou a mostrar aos vereadores vídeos onde, segundo a vereadora, poltronas e macas do PA estavam sujas de sangue. Márcia afirma ainda que obteve informações de que a unidade está em precárias condições de conservação, necessitando de reformas e que o número de profissionais de limpeza é insuficiente. A vereadora pede esclarecimentos à secretária municipal de Saúde.

Seguindo com a pauta da sessão, o vereador Renato Lorencini (PSB), apresentou um requerimento de convocação para que a ECO 101 envie um representante a Câmara de Anchieta. O vereador relatou a preocupação com as obras da BR 101 no trecho de Anchieta. Renato afirma que o projeto anunciado pela ECO 101, concessionária responsável pela obra, não apresenta nenhum acesso aos pedestres das áreas rurais do município. O parlamentar detalha, por exemplo, que Limeira e Jabaquara são comunidades vizinhas divididas pela BR, mas que o projeto não contempla passarelas e nem acesso de uma comunidade a outra. Segundo o vereador, o mesmo também acontece em Jaqueira. Para solucionar esses problemas, Renato requer a presença de um responsável técnico da ECO 101 na Câmara de vereadores para sanar as dúvidas dos moradores dessa localidades e também anunciou estar buscando apoio da Agência Nacional de Transportes Terrestres, a ANTT e da bancada Federal a fim de rever o projeto.

Também durante a sessão foi apresentada uma indicação de autoria do vereador Pablo Florentino (PMN), onde o parlamentar pede a secretaria municipal de Saúde que os sepultadores do município recebam, em caráter de urgência, a vacina contra o Covid-19.
O vereador Robson dos Santos (Avante), usou seu tempo de fala para tornar público uma solicitação dos vereadores que teve início no ano passado, mas que não pode ser divulgada por ter ocorrido em período eleitoral, época em que a lei não permite se dar publicidade sobre os atos do legislativo e do executivo. O vereador relatou a busca pela isonomia dos motoristas que trabalham na secretaria de Saúde; Robson afirma que em levantamento solicitado a secretaria de Saúde, no ano passado, foi informado que a secretaria dispõe de 43 motoristas, sendo que desses, apenas 26 recebem o adicional de insalubridade. A casa pediu esclarecimento e igualdade aos motoristas. O vereador esclarece que o caso já foi levado a conhecimento do Ministério Público e que os parlamentares aguardam o parecer da instituição.

O vereador Robson também fez um anúncio importante aos professores: O vereador informou que a FUCAPE está oferecendo 40 bolsas de estudo para o curso de Gestão escolar. As inscrições vão até o dia 14 de Abril e as vagas são ofertadas aos professores efetivos ou DTs da região sul do Estado. Maiores informações no edital www.fucape.br

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui