Página Inicial / Direito / Grupo Colorindo Sonhos divulga nota de repúdio à prefeitura de Guarapari. “Acessibilidade é mais do que uma rampa de acesso”

Grupo Colorindo Sonhos divulga nota de repúdio à prefeitura de Guarapari. “Acessibilidade é mais do que uma rampa de acesso”

O Grupo Colorindo Sonhos, formado por famílias de crianças com necessidades especiais de Guarapari divulgou nas redes sociais, uma nota de repúdio contra à Prefeitura de Guarapari. O fato se deu porque a prefeitura divulgou a inauguração da nova estrutura de educação infantil do CMEI Acidolino Borges, que fica no bairro Santa Margarida, para atender crianças de 0 a 4 anos, mas a estrutura não conta com acessibilidade para atender crianças com necessidades especiais.

Nádia, mãe do Gabriel (11), que faz parte do Colorindo Sonhos, publicou um depoimento na rede social do grupo sobre a falta de acessibilidade do CMEI.

Veja vídeo: Nossos filhos merecem respeito

 

O grupo colorindo sonhos tem como objetivo lutar pelo direito da inclusão efetiva de crianças com necessidades especiais. Veja a nota divulgada nas redes sociais:

Nós, do Grupo Colorindo Sonhos, mas uma vez estamos aqui para expressar nossa imensa tristeza e frustração por mais uma obra inaugurada pela Prefeitura Municipal de Guarapari.  Uma escola que foi entregue a comunidade sem as adaptações necessárias afim de se cumprir a lei.
Acessibilidade é muito mais que uma rampa de acesso.  Acessibilidade e inclusão significa que todos terão direito a usufruir dos serviços prestados com qualidade. Significa que todos poderão explorar o ambiente sem nenhuma barreira e restrição.
Onde estão os brinquedos acessíveis no parquinho da escola?  Não obtivemos respostas em relação ao parque da Praia do Morro e agora mais uma obra concluída sem as adaptações exigidas pela lei.
O brincar é essencial para o desenvolvimento das crianças. E para nossos filhos esses estímulos são negados.  Onde nossos filhos ficam quando as demais crianças estão brincando no parquinho,senhor prefeito?
Nossos direitos deverão ser assegurados. Não é uma benevolência e sim uma LEI!  Queremos parques acessíveis em todas as escolas e praças desse município.

Existe desde 2017, a lei n°4.169, de autoria do vereador Lennon Monjardim, que “Dispõe sobre a colocação de brinquedos para crianças e pessoas portadoras de necessidades especiais em parques, praças e outros locais públicos destinados à prática de esportes e lazer”. Veja: Lei n° 4.169/2017.

 

 

 



Sobre Redação

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *