Semana continua com chuva no Espírito Santo

Publicidade

banner topo matérias 728x90px

A chuva que caiu neste fim de semana no Espírito Santo com raios e trovões vai continuar durante toda semana, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – Inpe. As pancadas de chuva ficam no Estado até sábado (13) com tempo nublado.

Segundo o Inpe, a atuação da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) deixará o tempo instável com chuvas de moderada a forte intensidade em parte do Sudeste, Centro-Oeste e Norte do Brasil. A chuva será mais intensa e generalizada entre Minas Gerais, Espírito Santo e norte do Rio de Janeiro com acumulados que poderão ser superiores a 100 mm em alguns pontos.

Em Vitória, o prefeito Pazolini acompanhou a situação de calamidade da cidade na madrugada de segunda-feira (08), na sede da Defesa Civil e na Central de Bombeamento de águas pluviais para verificar o seu funcionamento.

Arnaldinho Borgo, prefeito de Vila Velha, também verificou as três estações de bombeamento do município e pediu à população que fique em casa. “Pedimos a população que evite jogar lixo nesse momento, pois isso atrapalha a água escoar. Pedimos também para a população ficar em casa, pois o volume de água em curto espaço de tempo foi muito grande e temos áreas alagadas. Estamos trabalhando muito para evitar transtornos para nossa cidade, a Defesa Civil está na rua e, quem precisar, pode ligar para 162”, enfatizou Borgo pela rede social.

A Prefeitura da Serra deixou disponível o telefone da Defesa Civil. Em caso de emergência, a população deverá ligar para 99938-9500.

Em Cariacica, Com a chegada das chuvas as equipes de Defesa Civil estão nas ruas realizando monitoramento de áreas críticas e identificando locais que possam estar apresentando perigo para a população. Inclusive, às margens de rios, atuando na observação das regiões ribeirinhas dos rios Formate, Marinho e Bubu. Para acionar a Defesa Civil, o cidadão deve ligar nos telefones 199 ou 98831-6000. A equipe permanece de plantão 24 horas.

O Inpe alerta que, em caso de rajadas de vento, a população não deve se abrigar debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas e não deve estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. A população deve também desligar aparelhos elétricos e quadro geral de energia.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui