Reforço na segurança pública é destaque na sessão da Câmara de Vereadores de Anchieta

Publicidade

banner topo matérias 728x90px

Veadores se mobilizam para o reforço na segurança e implantação do videomonitoramento na cidade

A sessão da Câmara de terça-feira, (09/02) uniu vários vereadores em uma mesma pauta: A segurança pública de Anchieta.

A vereadora Márcia Cipriano (Podemos) apresentou uma indicação solicitando a instalação de videomonitoramento na cidade. O vereador Rodrigo Semedo (PP) solicitou, também por meio de indicação, que a gerência municipal de Segurança Pública viabilize que a Guarda Municipal realize rondas a pé pelas ruas da Praia central de Anchieta. O vereador Renan Delfino (PP) apresentou um requerimento verbal pedindo mais divulgação sobre o número de contato da Guarda Municipal.

Já o vereador Renato Lorencini (PSB), apresentou um requerimento pedindo informações sobre a emenda parlamentar de autoria do deputado estadual Ted Conti (PSB), para instalações de câmeras de videomonitoramento no município. “Em 2019 nós fomos até o deputado estadual Ted Conti que liberou para o município de Anchieta, no ano de 2020, 250 mil reais para a aquisição das câmeras de videomonitoramento para que, assim, a gente pudesse monitorar a questão da violência no município. Eu fiz esse requerimento hoje para saber do município como anda essa emenda e pedir celeridade nesse processo, nessa aquisição e nessa contratação para que o município possa dispor de mais um instrumento que vai ajudar a Polícia Militar e a Guarda Municipal. A gente quer saber do município como anda essa emenda, eu tenho certeza que já foi autorizado pelo Ministério da Justiça o recurso”, disse o vereador.

Além das questões de segurança pública, o vereador Renato também cobrou do executivo, por meio de requerimento, informações sobre a implantação e execução da “lei da dengue”. “A lei foi construída junto à equipe de Vigilância em Saúde do município, a partir de uma demanda detectada pelo próprio setor, por conta das limitações causadas pela inexistência de uma lei. Aprovada, a legislação visa assegurar mais eficiência no combate às doenças, endurecer penalidades para proprietários que não estejam de acordo com as normas, bem como dar mais autonomia aos servidores para o exercício de suas funções. A gente fez a lei e eu gostaria de saber se a lei já foi regulamentada e colocada em prática.”

A vereadora Márcia Cipriano aproveitou seu tempo de fala para explicar o motivo do requerimento apresentado pela parlamentar que pede explicação sobre o prazo de entrega dos resultados dos exames de covid-19 no município. “Fiz um requerimento sobre o resultado do teste de covid-19. Tem pessoas perdendo o emprego por que o exame não chega. Tem exame que (o resultado) está levando 28 a 30 dias. Várias pessoas me procuraram dizendo que não podem trabalhar porque não tem o resultado para a presentar ao patrão. Eu liguei para Marataízes, Iconha, Alfredo Chaves, (o prazo de entrega dos resultados dos exames) é de cinco, no máximo dez dias. Eu peço que a Secretaria Municipal de Saúde explique o que está acontecendo com o resultado dos exames de Anchieta”, finaliza Márcia.

Além desses, entre os temas de indicações e requerimentos apresentados durante a sessão, os vereadores também levaram propostas para a infraestrutura, meio ambiente, emprego e renda.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui