Projeto Jovens Agentes classificado na Mostra Estadual de Práticas em Assistência Social

Publicidade

banner topo matérias 728x90px

O Projeto Jovens Agentes, desenvolvido pela secretaria municipal de Assistência Social de Anchieta, foi classificado em terceiro lugar na III Mostra Estadual de Práticas em Assistência Social do Espírito Santo, desenvolvida pela secretaria de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades).

Conforme o Centro de Referência da Assistência Social (Cras) de Anchieta, que executa a iniciativa, o projeto busca proporcionar em adolescentes e jovens de 12 a 24 anos oportunidades de transformação e mudança na sua narrativa de vida, consolidando com o desenvolvimento pessoal, social e comunitário, a partir de atividades socioeducativas com possíveis trocas culturais e o empoderamento digital.

“O objetivo geral é desenvolver ações que facilitem a integração e interação desses jovens, empoderando-os para que seja bem sucedido, em sua futura atuação quando estiver inserido no mercado de trabalho”, disse o titular da pasta, Flávio Sant’Anna.

Segundo a Setades, os trabalhos apresentados refletem práticas profissionais encorajadoras e inovadoras frente a ocorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), que em muitas vezes tende a dificultar e limitar o exercício da prática profissional.

O projeto

A iniciativa vem sendo desenvolvida em encontros presenciais com diversas ações. Em cada encontro são abordados temas diferentes, com palestras, dinâmicas, teatros, visitas técnicas, entre outras ações. Já durante a pandemia, os encontros estão acontecendo virtualmente às quartas-feiras. O intuito é assegurar a inclusão social, ambiental, cultural e digital dos participantes.

Podem participar jovens que estejam em situação de vulnerabilidade e risco pessoal e social; que sejam egressos ou que estejam sob medida protetiva ou socioeducativa e adolescentes e jovens territorialmente referenciados ao Cras de Anchieta. No programa, os adolescentes e jovens recebem capacitação teórica e prática sobre diversos temas, como o meio ambiente, cidadania, saúde, cultura, política, profissão e são orientados a exercerem atividades de desenvolvimento nas suas comunidades, sendo um item importante para a sua formação social e humana.

O projeto conta com parceria da comunidade, escolas e outras entidades do município e região. 

Fonte: PMA

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui