Pedro Canário adota novas medidas de enfrentamento à Covid-19

Publicidade

banner topo matérias 728x90px

O Grupo Permanente de Combate ao Coronavírus realizou, na última quarta-feira (14), uma reunião virtual para debater medidas de enfrentamento à Covid-19 em Pedro Canário.

O encontro contou com a participação do prefeito Municipal, Bruno Araújo, do promotor de justiça, Gustavo Monteiro, o subtenente Rubens Luis Pagotto da 3º CIA da Polícia Militar, além de integrantes da Gestão Integrada de Fiscalização Municipal (GIFIM), Câmara de Dirigentes Lojistas de Pedro Canário (CDL) e servidores do município.

 

O promotor de justiça, Gustavo Monteiro, apresentou a Notificação Recomendação do Ministério Público Estadual para que as Prefeituras do Estado adotem, imediatamente, a imposição de multas aos cidadãos que descumprirem as medidas sanitárias de enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus, diante do decreto do Governo do Estado de emergência em saúde pública, seguindo as orientações da Lei Federal 13.979/2020.

Já o subtenente Pagotto da Polícia Militar frisou a importância da atuação dos militares no combate da pandemia. “Estamos participando frequentemente de ações de combate a aglomerações no município, acompanhados pela Fiscalização e Policia Civil, realizamos abordagens em estabelecimentos comerciais que descumprem o decreto. Estaremos atuando também em festas clandestinas em residências e locais públicos, com o encaminhamento dos responsáveis pelo evento para as autoridades competentes para o cumprimento das devidas medidas administrativas. Estamos juntos para combater a pandemia do Coronavírus”, disse. 

Pandemia

Entre os dias 03 e 13 de abril, a cidade deu um salto de casos ativos, chegando à 198 casos ativos, sendo o maior número de infectados desde o início da pandemia e 08 mortes na mesma semana.

Medidas Sanitárias

O município de Pedro Canário se encontra em risco extremo para o contágio do novo Coronavírus. A Prefeitura intensificou o trabalho de fiscalização com a instalação de tendas para orientar a população, no centro comercial da cidade, e se prepara para a criação da barreira sanitária.

Ainda de acordo com o Ministério Público, será obrigatório a utilização de máscaras em todos os locais públicos da cidade, com sanções de multas e até procedimentos administrativos para quem descumprir.

Fonte: Assessoria

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui