Início Cidades Findes e ABDI investem em tecnologias digitais

Findes e ABDI investem em tecnologias digitais

banner topo matérias 728x90px

A Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes) firmou, nesta última terça-feira (15), parceria com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) nas áreas de transformação digital e inovação.

Na ocasião, o presidente da ABDI, Igor Calvet, esteve reunido com representantes do Findes.  Ele teve agendas com o secretário estadual de Inovação e Desenvolvimento, Tyago Hoffmann; o subsecretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Denio Rabello; o prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini; o secretário municipal da Fazenda, Aridelmo Teixeira, o secretário municipal de Governo, Roberto Carneiro; o coordenador da bancada capixaba em Brasília, deputado federal Josias Da Vitória, e o diretor técnico do Sebrae, Luiz Toniato.

Monitor das Profissões é um dos projetos firmados nessa parceria. O projeto tem como intuito qualificar profissionais em tecnologias digitais e conectá-los ao mercado de trabalho para suprir a demanda por profissionais com habilidades e conhecimentos nessas tecnologias, por meio de uma plataforma digital.

O outro projeto é o Data Labs 4.0 que visa aumentar o alcance das iniciativas de testbeds da ABDI. Testbeds são como laboratórios de aplicações de conceitos da Indústria 4.0, nas quais soluções explorando o uso de tecnologias são testadas em um ambiente que simula o chão de fábrica. Os testbeds podem mostrar às empresas o potencial das tecnologias e impulsionar o investimento privado em manufatura avançada.

FINDESLAB

Igor Calvet foi recebido no Findeslab pela presidente da Findes, Cris Samorini, o diretor-geral da Federação, Roberto Campos de Lima; o chefe de Gabinete da Presidência, Leonardo de Paula; o diretor executivo do Ideies, Marcelo Saintive; e a diretora de Inovação e Tecnologia do Senai, Juliana Gavini.

“A ABDI está totalmente conectada com a nossa agenda de inovação e transformação digital. Esperamos estreitar nesta oportunidade diversas frentes de cooperação. Somente aqui no Findeslab já mapeamos mais de 900 demandas de inovação e já tivemos R$ 22 milhões investidos em projetos apoiados por este hub”, disse Cris Samorini.

A ABDI é um órgão de articulação dos diversos atores públicos e privados envolvidos na formulação e execução de ações e medidas para o aumento da competitividade do setor produtivo brasileiro, com foco na inovação, transformação digital e produtividade.

A agência está vinculada ao Ministério da Economia, por meio de Contrato de Gestão, com metas anuais de resultados. O presidente da ABDI destacou que o Brasil deve trabalhar simultaneamente com diversas agendas. “Temos agendas do século 19, como saneamento básico, do século 20, que são as reformas estruturantes, especialmente a tributária e a administrativa, e a do século 21, que é a transformação digital. Todas elas devem andar com a mesma intensidade”, disse Igor Calvet.

O secretário Tyago Hoffmann destacou a baixa produtividade do trabalhador brasileiro e a necessidade da transformação digital, para alavancar essa produtividade. “A Findes tem feito um papel fundamental na promoção da inovação, e está totalmente integrada ao papel da ABDI. O Brasil há décadas não tem uma política industrial e, por isso, sofre agora um processo de desindustrialização precoce”, disse o secretário.

Foto: Jansen Lube

 Fonte: Assessoria

banner lateral 300x300px 2

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

banner lateral 300x300px 2

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -
- Publicidade -