InícioEsporte e SaúdeConceição da Barra ganha base do SAMU

banner topo matérias 728x90px

Conceição da Barra ganha base do SAMU

A nova base descentralizada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) foi inaugurada no último sábado (22), em Conceição da Barra, com a presença do governador do Estado, Renato Casagrande que anunciou novos investimentos do Programa Saúde Fácil, com a oferta de consultas, exames e cirurgias oftalmológicas para a região.

O serviço alcança 11 municípios da região, tendo o custo anual de R$ 11.014.391,52, executado por meio de parceria entre Estado e municípios – Consórcio Público da Região Norte do Estado (CIM Norte/ES).

“É muito bom inaugurar essa nova base do SAMU 192 aqui no distrito de Braço do Rio. O SAMU 192 na hora que atende uma pessoa, já sabe para onde será enviado o paciente com a vaga devidamente regulada”, afirmou o governador Casagrande.

A expansão dos serviços do SAMU 192 faz parte do programa estadual ‘SAMU para Todos’ com o objetivo de garantir auxílio pré-hospitalar móvel de urgência para 100% da população capixaba.

Outro investimento anunciado foi o credenciamento de serviços especializado de consultas, exames diagnósticos e cirurgias oftalmológicas para a região. A iniciativa faz parte do Programa Saúde Fácil, que tem o objetivo de reduzir a demanda reprimida dos últimos anos e dar celeridade aos atendimentos especializados no Espírito Santo.

Serão contemplados os moradores de 14 municípios (Água Doce do Norte, Boa Esperança, Barra de São Francisco, Conceição da Barra, Ecoporanga, Jaguaré, Nova Venécia, Mucurici, Montanha, Ponto Belo, Pinheiros, Pedro Canário, São Mateus e Vila Pavão), totalizando uma população de mais de 430 mil pessoas.

No ano de 2021, o Saúde Fácil na região norte realizou um total de 17.437 procedimentos entre consultas, exames e cirurgias oftalmológicas.

Como acessar os serviços

Para ter acesso aos procedimentos oftalmológicos ofertados pelo Governo do Estado, o cidadão deve procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima da sua residência para ser avaliado pelo médico. Caso haja necessidade, o médico vai realizar o cadastro no sistema de Autorregulação Formativa Territorial (ARFT) e o paciente será encaminhado ao médico especialista adequado. Já os pacientes que têm encaminhamento cirúrgico, terão o procedimento agendado no ato da consulta, evitando, assim, maior burocracia.

 

banner lateral 300x300px 2

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

banner lateral 300x300px 2




ÚLTIMAS NOTÍCIAS

banner lateral 300x300px 3

- Publicidade -