segunda-feira, 24 de junho de 2024 / 19:04
InícioDireitoCom base na decisão do STF, advogados de Armandinho querem cancelar sessão...

banner topo matérias 728x90px

Com base na decisão do STF, advogados de Armandinho querem cancelar sessão de posse

Política em um minuto – 31/12/2022

Com base no decisão cautelar do ministro Alexandre de Moraes sobre pedido do vereador Armandinho Fontoura (Podemos) para tomar posse como presidente da Câmara de Vitória, a assessoria jurídica do vereador deu entrada com requerimento de suspensão de posse programada para amanhã, domingo, 01 de janeiro de 2023, às 13h.

A posse foi marcada pelo atual presidente vereador Davi Esmael (PSD). Os vereadores decidiram em plenário, na última semana, que caso o vereador Armando Fontoura não compareça à posse, o fato será encarado como renúncia presumida e com isso, os vereadores deverão realizar uma nova eleição.

Para evitar que os vereadores aproveitem da impossibilidade de Armandinho Fontoura comparecer à posse e assim realizarem outra eleição para presidente, a assessoria jurídica do vereador, através de procuração, pede que a câmara dilate o prazo de posse até que uma decisão final seja tomada pelo ministro do STF, Alexandre de Moraes. Agora cabe aos vereadores durante a sessão marcada para amanhã, às 13h, decidirem se aguardam o parecer final do ministro Alexandre de Moraes ou se realizam nova eleição. No caso de optarem por nova eleição, esse ato pode ser questionado juridicamente criando uma instabilidade para a Câmara de Vitória.

Entenda o pedido da assessoria jurídica do vereador Armando Fontoura

“ARMANDO FONTOURA BORGES FILHO […] por intermédio do seu advogado ora signatário, […], vem, respeitosamente, perante Vossa Excelência apresentar requerimento, pelas razões de fato e de direito abaixo elencadas:

1. Conforme Decisão do Exmo. Sr. Alexandre de Moraes, da qual V.Exa. já foi devidamente intimado na data de hoje, foi determinada a SUSPENSÃO da posse da presidência desta Eg. Casa de Leis;
“(b) SUSPENDO A POSSE E O EXERCÍCIO DE ARMANDO FONTOURA BORGES FILHO no cargo de PRESIDENTE DA MESA DIRETORA da Câmara Municipal de Vitória, para o biênio 2023/2024, cujo mandato vai de 10/1/2023 a 31/12/2024;”
“2. Com isto, V.Exa. deverá cancelar a Sessão de posse designada para o próximo dia 01/01/2022, fazendo com que os demais membros providenciem a assinatura junto ao referido Termo.
3. Ato contínuo, tendo em vista a SUSPENSÃO (e não revogação ou extinção) do exercício da presidência, pelo Requerente, deverá o Vice Presidente eleito, Vereador DUDA BRASIL assumir os trabalhos da Casa e dar o devido cumprimento da Decisão, ABSTENDO-SE de realizar qualquer ato que contraponha a Decisão do Exmo. Sr. Ministro do Eg. STF, ora proferida.
4. Diante de todo o exposto, requer de V.Exa. o deferimento das providências elencadas, em caráter CAUTELAR e URGENTE, SUSPENDER a POSSE da Presidência da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Vitória/ES, para o biênio 2023/2024, determinando que o Vice Presidente Eleito assuma, nos termos do art. 32 do RICMV.
5. Requer, ainda, que a Presidência em exercício abstenha-se de realizar novas eleições ou atos que configurem nova escolha para o cargo de Presidente da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Vitória/ES, para o biênio 2023/2024, sob pena de descumprimento da Decisão proferida.
6. Por fim, requer que todas as comunicações de estilo sejam feitas em nome de seu patrono, Dr. CARLOS ZAGANELLI – OA
B/ES […], sob pena de nulidade”.

banner lateral 300x300px 2

banner lateral 300x300px 2

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

banner lateral 300x300px 3