Página Inicial / Cidades / Viana vai receber benefício do Cartão Reforma

Viana vai receber benefício do Cartão Reforma

Viana está entre os 79 municípios de todo o Brasil que apresentou projeto e foi aprovado para o benefício do Cartão Reforma. Em todo o país, 1923 municípios estavam aptos para apresentar suas propostas, 22 deles no Espírito Santo onde somente dois municípios foram contemplados, sendo Viana um deles. As regiões de Ipanema e Canaã serão atendidas nesta primeira chamada do Ministério das Cidades, injetando no comércio local R$ 600 mil. Ao longo de 2018, outras chamadas serão feitas.

Ao todo, 23 estados do País serão beneficiados. Agora, de acordo com o diretor executivo de Regularização Fundiária da Secretaria de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Urbano Joilson Broedel, uma equipe formada por engenheiros fará visitas às residências dessas áreas. “O próximo passo é verificar de que forma as famílias dessas regiões poderão ser beneficiadas e identificar, assim, as demandas a serem atendidas com o Cartão Reforma”, disse.

Joilson afirma, também, que o benefício foi concedido ao município diante à apresentação de toda a documentação necessária para o Governo Federal e em tempo hábil. “A equipe está em fase de organização para as próximas etapas, o que inclui a disponibilização do serviço”, concluiu.

O total investido com esse resultado em todo o Brasil será de R$ 79.643.250,00. Para Viana, o investimento do Governo Federal será de R$ 690 mil. Este é o primeiro processo seletivo do programa Cartão Reforma a nível nacional, onde 1.923 municípios pré-selecionados puderam participar do processo seletivo. Destes, 1.131 municípios se cadastram e 739 apresentaram projetos. As propostas não listadas nessa etapa poderão ser objeto de nova publicação no ano de 2018.

Programa

O Cartão Reforma possibilita que famílias com renda mensal de até R$ 2.811,00 comprem materiais de construção destinados a ações de reforma, ampliação ou conclusão de unidades habitacionais, desde que estejam localizadas em área regular ou passível de regularização. É necessário que o beneficiário seja dono de um único imóvel. Cabe ao beneficiário custear apenas a mão de obra, equipamentos e ferramentas necessárias para a execução do serviço.

Os cadastros serão avaliados e pontuados de acordo com a situação socioeconômica de cada família e o grau de necessidade de melhorias das habitações. Terão prioridade famílias com menor renda familiar, com pessoas idosas ou com deficiência e chefiadas por mulheres.

Confira mais detalhes: http://www.cartaoreforma.cidades.gov.br/

Fonte: Assessoria Prefeitura de Viana

No Banner to display



Sobre Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display