Página Inicial / Noticias / Ricardo na vice de Hartung: déjà vu

Ricardo na vice de Hartung: déjà vu

Política em 1 minuto – 19/03/2018

 

tirinha

Déjà vu, pronuncia-se Déjà vi, é um termo da língua francesa, que significa “já visto”. É uma sensação que surge quando fazemos, dissemos ou vemos algo que dá a sensação de já ter feito ou visto antes. O déjà vu aparece como um “replay”.

Quando analisamos o cenário político capixaba, em um recorte que compreende os últimos 16 anos, desde que Paulo Hartung se elegeu governador do Estado pela primeira vez, as movimentações políticas no Espírito Santo seguem ao compasso de espera. Aliados e adversários esperam até que Paulo Hartung resolva se será candidato e só depois do anúncio dele se posicionam. É fato que em todas as disputas Hartung enfrentou um adversário de peso. Max Mauro em 2002, Sérgio Vidigal, em 2006 e Renato Casagrande, em 2014.

Mas em todas as disputas, Hartung foi protagonista. A conhecida habilidade em conduzir as ações e o ‘time’ certo para divulgar as informações o colocam sempre em vantagem. A história mostra que PH sempre venceu nas ruas com a maioria dos votos, mas a verdadeira batalha é travada e vencida com maestria nos bastidores.

Na trajetória política de Paulo Hartung em apenas dois momentos foi derrotado nos bastidores: em 1998 quando  perdeu a convenção do PSDB para José Inácio e teria dito: ‘Nunca mais perco uma convenção”. E, em 2010, momento conhecido como ‘abril sangrento’, Hartung viu seu candidato, o então vice-governador Ricardo Ferraço, ser ‘rifado’ na disputa ao governo pelo então senador Renato Casagrande.

As recentes movimentações políticas nos possibilitam algo impossível: prever um Déja vu. Uma aproximação de Ricardo Ferraço com Paulo Hartung pode reeditar uma dobradinha que tinha como um dos objetivos colocar Ricardo à frente do governo do Estado. Se Paulo Hartung anunciar que vai disputar a reeleição e o vice escolhido for Ricardo Ferraço, um Déjà vu coletivo acontecerá no Estado.

 

Marcelo Paranhos, Editor do Portal Realidade Capixaba

Sobre Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *