Página Inicial / Cidades / Rede Guarapari na contramão do partido

Rede Guarapari na contramão do partido

Em meio à crise política, a Rede Sustentabilidade, partido que tem na figura da Marina Silva sua principal liderança, tem se destacado nacionalmente pelas atuações do deputado federal Alessandro Molon (RJ) e do senador Randolfe Rodrigues na luta contra a corrupção. Até o momento, não aparecem denuncias relacionadas à operação Lava Jato que envolvam a Rede e suas lideranças. Nesse cenário, a Rede Sustentabilidade se destaca dos demais partidos que possuem possíveis candidatos a presidente, todos os outros, PMDB, PSDB, PT, DEM e PSB, estão envolvidos em alguma denuncia ou investigação feita pela força tarefa.

O fato de possuir em seus quadros quatro nomes que se destacam nacionalmente, além de Marina Silva, Randolfe Rodrigues e Alessandro Molon, a Rede ainda conta com a ex-senadora Heloisa Helena, credenciam a Rede a se colocar na disputa presidencial do ano que vem.

No Estado do Espírito Santo a Rede também caminha para consolidar um projeto próprio. O Porta voz da Rede no Estado, Gustavo de Biase, em recente coletiva, afirmou que a Rede possui um projeto para o país e um programa de governo para o Estado e que o prefeito de Serra, Audifax Barcelos, pode ser o nome do partido para a disputa do ano que vem. “Audifax é um grande gestor e se decidir colocar seu nome será muito bem visto pelo partido”, disse Gustavo de Biase.

Em Guarapari, a Rede disputou a eleição municipal de 2016 com o advogado Ricardo Rios, que  defendeu o programa do partido, depois de um processo complicado interno em que parte dos filiados era ligada ao também candidato a prefeito Gedson Merízio do PSB e defendiam que a Rede deveria ficar com o socialista. A decisão da Rede de caminhar sozinha se mostrou acertada uma vez que Gedson teve que desistir da disputa depois de uma sucessão de erros em sua ata da convenção, o que levou o PSB a ficar sem condições de disputar a eleição.

Em recente entrevista, repercutida pela coluna Praça 8, do jornal A Gazeta, o porta voz da Rede no Estado afirmou que o partido caminha para uma discussão programática e que aguarda uma decisão do prefeito Audifax sobre a disputa ao Governo do Estado. Essa posição, segundo a coluna, foi acompanhada pela Marina Silva que reconheceu a importância da participação do prefeito Audifax no processo.

Marina ainda disse que a Rede tem bom relacionamento com a direção do PSB e de outros partidos, mas que para a decisão será levada em consideração a opinião dos filiados e que a Rede se destaca por ser um movimento popular que pratica a nova política.

nota publicada na coluna Praça 8 pegou afiliados de surpresa
Nota publicada na coluna Praça 8 (jornal A Gazeta)pegou afiliados de surpresa

A postura defendida nacionalmente destoa de uma informação divulgada pela coluna Praça 8, no dia de hoje, terça-feira, sobre o diretoria de Guarapari e irritou parte dos filiados que se surpreenderam com a notícia de que a presidência da Rede foi entregue para o Dr. Franz Tristão e retirada do jornalista Wilcler, sem que uma reunião no município fosse realizada. Também foi surpresa que, mais uma vez, o nome do ex-vereador do PSB, Gedson Merizio apareça falando em nome da Rede.

“Precisamos ter calma nesse momento. A Rede se diferencia dos outros partidos por ser democrática e respeitar as decisões municipais. A nota possui algumas informações erradas e vou aguardar a reunião da Rede que está marcada para o início da segunda quinzena de junho para sabermos o que pensa a direção Estadual. Esse processo de discussão interno é normal e colabora para o crescimento do partido. Fui convidado a participar de uma reunião com o atual presidente da Rede em Guarapari e com o porta voz estadual e a informação que recebi é que o partido está ouvindo os filiados em todo o Estado e que antes da reunião da executiva nenhuma decisão será tomada”, disse um dos filiados da Rede que vai assinar uma carta que será encaminhada a executiva Estadual. “antes de ouvimos a executiva estadual o prudente é não nos manifestarmos. Vamos aguardar para que possamos colaborar com o dialogo interno que é uma das marcas da Rede” completou.
Em sua rede social, Wilcler, porta voz da rede em Guarapari, publicou que desconhece essa movimentação:

“Bom dia meus amigos. Até onde eu sei, o presidente da Rede Sustentabilidade Guarapari ainda sou eu. Só aceitei me filiar a este partido por saber que ele se diferencia de todos no quesito ÉTICA E TRANSPARÊNCIA . Infelizmente, a VELHA POLÍTICA, vem tentando desde o ano passado, controlar o partido em Guarapari.
Mas a REDE Sustentabilidade não funciona como os VELHOS PARTIDOS e nem da maneira dos VELHOS CACIQUES.
Chega de mão grande, chega de VELHA POLÍTICA!
VIVA A POLÍTICA COM DECÊNCIA E TRANSPARENTE !”
Na página do tribunal regional eleitoral não consta o nome do dr Franz. Tristão como membro da executiva da Rede conforme demonstra anexo.

tre_rede

Nota publicada pelo partido:

Nota publicada pelo REDE
Nota publicada pelo REDE
TekNow



Sobre Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display