Página Inicial / Noticias / Polícia Civil recupera mais de seis mil panelas roubadas

Polícia Civil recupera mais de seis mil panelas roubadas

O Departamento Especializado em Investigações Criminais (Deic), por meio da Delegacia Especializada em Crimes Contra Transportes de Cargas (DECCTC) e da Delegacia Especializada de Segurança Patrimonial (DSP) recuperou uma carga de mais de seis mil panelas roubadas avaliadas em R$ 100 mil. A ação foi realizada, nessa terça-feira (21) e quarta-feira (22), em um galpão, no bairro Beira Rio, em Cariacica.

“Essas operações de repressão a esse crime desestimulam o roubo a cargas, fortalecem a economia e incentivam os empresários a investir cada vez mais no Espírito Santo”, disse o delegado-geral da PCES, José Darcy Arruda.

“Temos um contato muito forte com os demais Estados da federação que nos permite fazer esse trabalho mais intenso na repressão desse crimes e o resultado disso são as várias cargas que conseguimos recuperar ao longo deste ano. A operação de ontem é mais um  resultado positivo”, destacou o titular do Deic, delegado João Francisco Filho.

A carga vinha de Juazeiro do Norte, no Ceará, com destino ao município da Serra. Após o crime, o empresário dono da carga registrou a ocorrência do roubo. “No último domingo (19), o condutor do caminhão foi rendido por três homens armados enquanto passava pelo município de Linhares. Os suspeitos fugiram levando o veículo com toda a carga”, afirmou o responsável pela DSP, delegado Gianno Trindade.

No momento da operação, o dono do galpão, que é fornecedor dos ambulantes, não estava no local. “O suspeito já foi identificado e responderá ao inquérito policial. As investigações continuarão para apontar se ele está envolvido diretamente no roubo ou se ele é suspeito de receptação”, declarou Trindade.

De acordo com o delegado, outros três vendedores ambulantes foram encaminhados à delegacia, prestaram depoimento, assinaram um Termo Circunstanciado pelo crime de receptação culposa e responderão em liberdade, mas ao final do inquérito eles podem responder por receptação qualificada.

O material recuperado foi devolvido, nessa quarta-feira (22), ao empresário que é o único fornecedor deste tipo de material em todo o Estado.

Fonte: Assessoria Sesp/ES



Sobre Redação

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *