Página Inicial / Direito / Guarapari urgente: justiça suspende licitação da escola Costa e Silva

Guarapari urgente: justiça suspende licitação da escola Costa e Silva

decisão juiz

Atendendo pedido da empresa Construtora Durães Souza Eireli – EPP, representada pelo escritório Postay, Dias & Poli, a justiça suspendeu a nova licitação pretendida pelo prefeito Edson Magalhães que tinha como objetivo contratar uma nova empresa para concluir a obra da escola Costa e Silva.  Para realizar uma nova licitação, a prefeitura justificou que a empresa licitada para a obra não atendia a necessidade pública e, por isso, seria necessário romper unilateralmente o contrato e licitar uma nova empresa.

Em sua decisão,  a justiça entendeu que os argumentos apresentados pela prefeitura não eram suficientes para a suspensão do contrato vigente. Na decisão o juiz Gustavo Marçal da Silva e Silva determinou que a prefeitura suspendesse a nova licitação pretendida pelo prefeito Edson Magalhães. Caso a prefeitura descumpra a determinação, está prevista uma multa diária de R$10.000 (dez mil reais) aos cofres públicos. A decisão saiu na tarde de hoje (27/03), mas a prefeitura ainda não foi notificada. Nossa equipe vai acompanhar o desdobramento do caso e quais medidas serão adotadas pela prefeitura.

despacho

Em parte do despacho, o juiz afirma que “causa estranheza o valor estimado para a nova licitação para a conclusão da obra”. Confira o despacho na íntegra:

Clique: Despacho



Sobre Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display