Página Inicial / Noticias / Esquenta o cenário político de Guarapari

Esquenta o cenário político de Guarapari

Coluna Política em 1 Minuto – 08/09/2017

calendario

Com a notícia de que as contas de Edson Magalhães não estão aprovadas (veja matéria: TRE vai julgar outra vez contas de Edson e eleição pode ser anulada em Guarapari) os presidentes de partidos no município começaram a se movimentar nos bastidores para uma possível nova eleição para prefeito.

O PDT, partido do ex-prefeito Orly Gomes, foi o primeiro a se movimentar e apresentou o nome do Dr. Francisco. O PSB, partido do ex-governador Renato Casagrande, aposta suas ‘fichas’ no nome do ex-vereador Gedson Merízio. O PMDB, partido do Governador Paulo Hartung, possui em seus quadros o vereador Thiago Paterlini. O DEM, partido que já elegeu Edson para deputado estadual e Orly para prefeito, tem como principal liderança política no município o vice-prefeito Miguel Agrizzi. O PRP pode apostar no vereador Dr. Rogério. A REDE conta com o nome do advogado Ricardo Rios e do jornalista Wilcler Carvalho. O PODEMOS, partido do prefeito de Viana, Gilson Daniel, possui dois nomes para a disputa: Edinho Maioli e o vereador Lennon Monjardim. O PSD, partido do prefeito Edson Magalhães também possui em seus quadros dois nomes: o vereador Wendel e a vereadora Fernanda Mazzelli, que se aceitar participar da disputa pode surpreender como única mulher. O PSDB, partido do vice-governador Cesar Colnago, aposta no nome de Carlos Von. Mas para que uma nova eleição ocorra é necessário que a justiça decida nesse sentido. Outra possibilidade é a justiça decidir por dar posse ao segundo colocado, em um eventual afastamento de Edson. Se essa for a decisão, Carlos Von assume a prefeitura e abre espaço para a disputa a deputado estadual.

Para deputado o PSD vai de Wendel Lima ou Fernanda Mazzelli?

Wendel e Fernanda

Se a eleição de Edson não for anulada o cenário se modifica completamente para a disputa a deputado estadual. O que se comenta nos corredores da Câmara de Guarapari é que o presidente do PDT, Toninho Stein, estaria trabalhando para levar o vereador Wendel Lima para seu partido, com o objetivo de lançar Wendel a deputado estadual. Essa costura passa por uma conversa com o presidente estadual do PDT, deputado federal Sergio Vidigal, de quem Toninho Stein é assessor parlamentar. Se ocorrer, Wendel Lima abre espaço para sua ‘colega’ de partido, Fernanda Mazzelli (PSD), se lançar na disputa a estadual. A candidatura de Fernanda agradaria aliados de Edson, que acreditam que o nome da vereadora possui mais força na cidade.

Miguel, Wendel ou Fernanda

vereadores

Se Wendel realmente se filiar ao PDT do seu aliado Toninho Stein, o grupo de Edson passa a contar com três nomes para enfrentar Carlos Von (PSDB) na disputa a deputado estadual. Edson Magalhães pode lançar Fernanda Mazzelli (PSD), Miguel Agrizzi (DEM) ou Wendel Lima (PDT). Nesse cenário, o objeto do prefeito não seria eleger um deputado por Guarapari. O principal objetivo seria impedir que Carlos Von, que é seu adversário político, se eleja deputado estadual.

Chamou atenção

CASagrande

Uma imagem divulgada nas redes sociais essa semana chamou a atenção em Guarapari. Na foto aparecem Gedson Merízio, Renato Casagrande, Fernandão (ex-aliado de Edson Magalhães) e os vereadores Dr. Rogério e Lennon Monjardim. A foto foi compartilhada nos grupos de WhatsApp na cidade. Entre os comentários estava a informação de que a conversa tinha como objetivo fortalecer o palanque de Renato Casagrande no município. Nesse cenário, Gedson Merízio poderia ser candidato a deputado federal e os vereadores Dr. Rogério e Lennon seriam candidatos a deputados estaduais, fortalecendo o palanque de Renato na região. Esse cenário não seria uma novidade. O ex-vereador Gedson Merízio foi candidato a deputado federal na eleição passada com o objetivo de representar a candidatura de Renato em Guarapari.

Borges fora da disputa?

Marquinhos Borges

A família Borges pode ficar de fora da disputa pela primeira vez em muitos anos. O ex-deputado Sérgio Borges é conselheiro no Tribunal de Contas e não pode disputar a eleição por conta do cargo. Marquinhos Borges também não deve disputar, mas as eleições ainda estão longe e um nome como o de Marquinhos nunca deve ser descartado. Ele é visto na cidade como um articulador de ‘primeira grandeza’ e cuida dos interesses do PMDB na região, partido que deverá contar com o governador Paulo Hartung disputando a reeleição.

Carta fora do baralho

Orly Gomes

O ex-prefeito Orly Gomes segue cuidando da saúde e está fora das próximas eleições. Orly se divide entre as empresas e sua família e confidenciou a alguns amigos que não pretende mais disputar a eleição. Orly Gomes tem afirmado que não deve apoiar nenhum candidato e que seu foco é sua recuperação. No ano passado Orly foi operado e recebeu uma ponte de safena.

Mudança de lado?

Dito Xaréu

Ex-aliado de Orly Gomes e ex-crítico de Edson Magalhães, o vereador Dito tem aparecido em muitas fotos ao lado do prefeito Edson Magalhães.

Mudança de lado 2?

 Gilmar e Edson

O vereador Gilmar, que é do PSDB, partido de Carlos Von, também andou aparecendo em fotografias ao lado do prefeito Edson. A executiva municipal do PSDB está acompanhando os passos do vereador.

Esqueceram de mim

Dantas

Por onde anda Dantas? O líder político anda sumido, mas seus adversários estão monitorando seus passos. Dantas sempre foi figura importante no município e todas as suas movimentações são acompanhadas com atenção.

Esqueceram de mim 2

Anselmo

O ex-vereador Anselmo Bigossi tem se movimentado com o objetivo de se viabilizar na disputa a deputado estadual.

Esqueceram de mim 3

Afonso

O ex-tucano Afonso Rodrigues, que teve participação importante na eleição do vereador Grijó (PDT) e hoje ocupa o cargo de diretor da Câmara Municipal, foi visto entrando no gabinete de um deputado na Assembleia Legislativa. Vai voltar ao ninho?

Marcelo Paranhos, Editor do Portal Realidade Capixaba

 

No Banner to display



Sobre Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display