Página Inicial / Noticias / Esqueceram de combinar com Magno, Ricardo e Amaro

Esqueceram de combinar com Magno, Ricardo e Amaro

Política em 1 minuto – 19/07/2018

Magno_ricardo_amaro

Dez dias após o anúncio do governador Paulo Hartung (MDB) de que não disputará a reeleição, a base ‘nem tão’ aliada assim ainda discute sobre qual será o candidato do grupo ao Governo. Um dos maiores desafios de Paulo Hartung era conseguir espaço para acomodar Ricardo Ferraço (PSDB) e Amaro Neto (PRB) e ao mesmo tempo atrair Magno Malta (PRP) para a coligação. Com duas vagas de senador em disputa, acomodar os três parecia ser uma missão impossível. Mas, quando PH desistiu, a base do governo acreditou que tinha encontrado a solução; Bastava convencer um dos três a disputar o governo do Estado.

O senador Magno Malta desponta como favorito a uma vaga ao senado e dificilmente seria convencido a desistir da disputa. Com isso, o palanque governista tinha duas opções: Ricardo ao governo com Amaro e Magno ao senado ou Amaro ao governo com Ricardo e Magno ao senado. Nos dois cenários o segundo turno estaria garantido. Mas, se estava tudo resolvido por que nada se resolveu então? Por uma questão muito simples: parece que esqueceram de combinar com Magno, Ricardo e Amaro.

A dificuldade em fechar as coligações se dá por um único motivo: não cabe todo mundo no senado. Depois da divulgação da pesquisa do Instituto Futura, Ricardo e Amaro não se mostram muito interessados em enfrentar o favoritismo de Renato Casagrande (PSB) ao governo. Com isso, a verdadeira disputa é pelo senado.

contarato

Magno Malta, Ricardo Ferraço e Amaro Neto vão disputar duas vagas. Quem também aparece bem na corrida ao senado é o delegado Fabiano Contarato (Rede), que pode crescer com a campanha de Marina Silva a presidente.

E a senadora Rose Freitas?

rose de freitas

Enquanto todos brigam pelo senado, Rose está disposta a trocar o mandato de senadora pelo comando do governo do Estado. Rose entra na disputa sem ser favorita, mas vai se articulando nos bastidores. A senadora já é vista por muitos como a única capaz de levar essa disputa pelo governo ao segundo turno.

Até o momento, Casagrande (PSB), Rose de Freitas (Podemos) e André Moreira (PSOL) são os únicos pré-candidatos ao governo confirmados. César Colnago (PSDB), Carlos Manato (PSL) e professor Aridelmo (PTB) ainda tentam se viabilizar.

Marcelo Paranhos, Editor do Portal Realidade Capixaba

19/07/2018
__________________________________________________________________________


Transparência-660x95

TekNow



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *