Página Inicial / Direito / Coluna “O Ser e a Lei”: De transição em transição

Coluna “O Ser e a Lei”: De transição em transição

Deus, o nosso Criador e Organizador, permitiu a vida mineral, vegetal, animal e humana social, há cerca de dez mil anos, nos informando ser a Terra um Planeta Escola, de estudos, de reforma íntima, de aprimoramento da lei de amor, de provações e retificações e ressarcimentos, no sentido de um ambiente de respeito, de harmonia, progresso e paz.

Dai, estarmos sempre em transição. Transição da era da caverna para a aldeia…da aldeia para a polis>>cidade e a transição para a cidade Estado. Imaginemos as transições dos Direitos fundamentais básicos da vida, da liberdade de ir e vir, de pensar, escrever, falar, de estudar, trabalhar e morar, na Antiga Pérsia, Mesopotâmia, no Estado Grego, no império Romano!

E, A família, como base primordial, de todo grupo social, a formadora inicial do “homem integral: homem educado. Ou seja, lutando para passar de um degrau, de uma etapa para outra, sempre melhorando e, tendo como regras, as Leis Divinas. Logo, a primeira regra é o Estudo da Lei, a segunda a adequação aos Ditames da lei, a terceira a Reforma Íntima, e a quarta a correta prática na convivência, repetimos, sempre em consonância com A Lei. Para isso vamos passando de encarnação em encarnação pelos anos escolares. “Todo aquele que ouve esses meus ensinamentos e os pratica, será considerado um homem prudente…”.

Este planeta nunca vai acabar, pois, a sua finalidade é a de servir como Escola, laboratório/reformatório, e se tornar – pelos esforços de seus próprios cidadãos – um planeta de efetiva paz. Este planeta tem um Criador Operador de tudo, que designou um de seus filhos como Mestre – Guia e Modelo -, a ser estudado e seguido. Assim, estamos, neste momento, passando por mais uma normal transição: o aprimoramento da política e do processo democrático da escolha de nossos representantes no poder legislativo e executivo.

E, a medida que vamos nos educando, nos civilizando, de acordo com os ditames legais, com os ensinamentos do processo Democrático de Direito, vamos avançando no processo, objetivando alcançar uma sociedade Ordeira, Responsável, Civilizada, Fraterna, concretizando o verdadeiro Bem.  Por tudo que estudamos, na filosofia pedagógica, verificamos que a maior transição eh dentro de nós, nos tornando Verdadeiramente, Um Ser Do Bem. Um respeitador e praticante da lei de Justiça, amor e caridade!

dr. marcelo

Marcelo Paes Barreto – professor de moral e cívica em 1974/5. Professor universitário de 1976 a 2011. Defensor Público. Estudante aprendiz da Doutrina Espírita desde 1968.   Livros lidos e relidos desde 1968: Livro dos Espíritos; ESE; OCI; A Gênese; OPDD, Cristianismo e Espiritismo, e Depois da Morte de L. Denis; Cristianismo de H. Miranda.



Sobre Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *