Página Inicial / Noticias / A ‘Coluna de Olho na Rua’ dessa semana é com Neucimar Fraga

A ‘Coluna de Olho na Rua’ dessa semana é com Neucimar Fraga

NEUCIMAR (2)

A coluna ‘De Olho Na Rua’ traz entrevistas com políticos capixabas. A ideia é convidar um político para tomar café em um ponto movimentado e perceber como ele interage com a população.

O bate-papo dessa semana foi com o ex-prefeito de Vila Velha, Neucimar Fraga. Pré-candidato a deputado federal, Neucimar marcou com nossa equipe em uma padaria na orla de Itaparica, em Vila Velha. Sempre sorrindo, Neucimar não fugiu de nenhum tema. Falou sobre as eleições desse ano; os desafios de comandar o PSD no estado; o cenário político em Vila Velha e sobre um dos primeiros desafios que quer enfrentar na Câmara Federal: liderar um amplo debate sobre desenvolvimento econômico sustentável, gerando emprego e oportunidades. Neucimar também pretende atuar no fortalecimento econômico dos municípios. “Os impostos vão, em sua maioria, para a Federação. O ideal é que os municípios fiquem com boa parte desses tributos para investir em infraestrutura”, disse Neucimar, que relembrou da luta para trazer os Centros Federais de Educação Tecnológica – Cefetes (IFES) para o Estado. “Quando fui deputado federal trabalhei muito para que o Espírito Santo recebesse os Cefetes. Foram 12 espalhados pelo Estado. É com alegria que vejo os frutos dessa luta que contou com a participação de muita gente”. Contou Neucimar.

Durante a entrevista, Neucimar foi interrompido por moradores da região que reconheciam o ex-prefeito. Disse gostar desse contato com a população e brincou dizendo que na próxima entrevista vai marcar em uma feira. “Da próxima vez vamos conversar na feira, perto das bancas de peixe. É ali que vocês vão ouvir o que a população pensa da cidade. Gosto de conversar com a população e a feira é um espaço democrático”, completou Neucimar.

Você é candidatura a deputado federal?

Neucimar: Sou pré-candidato. Quero debater temas importantes para os municípios e o Estado.

Você preside o PSD no ES. Seu partido vai ficar com quem para governador?

Neucimar: O Gilberto Kassab (presidente nacional do PSD) esteve recentemente no estado e disse que o partido está livre para decidir, mas todos sabem do ótimo relacionamento que temos com o Governador Paulo Hartung.

O PSD vai pleitear a vaga de vice-governador de Paulo Hartung?

Neucimar: Temos nomes que podem compor uma chapa majoritária, mas essa discussão precisa ser feita na hora certa.

Esses nomes seriam os de Enivaldo dos Anjos e José Carlinhos?

Neucimar: Que partido possui quadros desse porte? Zé Carlinhos é um homem de diálogo. Um homem que agrega. O deputado Enivaldo dos Anjos é candidato à reeleição, mas seu trabalho na Assembleia o capacita a voos mais altos.

E Vila Velha? Como avalia o momento da cidade?

Neucimar: A atual administração está mal avaliada pela população. Basta andar pelos bairros e ouvir os moradores. O prefeito já sentou na cadeira pensando em sair.

Qual a sua marca quando foi prefeito de Vila Velha?

Neucimar: Diálogo. Vou te dar um exemplo. Estamos em uma padaria que fica no térreo de um prédio residencial. Quando entramos ouvimos os construtores e arquitetos e percebemos que era necessária uma mudança no PDM. Hoje você encontra vários prédios com comércio no andar térreo. São prédios mistos, residencial / comercial. Isso movimenta a economia da cidade, gera emprego e oportunidades para pequenos empresários. Essa mudança no PDM foi resultado de um amplo debate com toda a cidade.

Se for eleito deputado federal vai trazer recursos para a cidade mesmo sendo adversário do prefeito Max Filho?

Neucimar: Vou trazer recursos para todos os municípios capixabas. No caso de Vila Velha eu vou ajudar sim. Não existe espaço para disputa política pequena. Nenhum gestor pode colocar seus interesses pessoais acima dos interesses da população. É com esse espírito que sempre pautei minha vida pública.

Além do desenvolvimento econômico sustentável, que outro tema pretende debater na Câmara Federal?

Neucimar: Segurança Pública. Enfrentamos em todo país uma crise na Segurança Pública. É necessário um amplo debate, ouvindo todos os setores envolvidos para que possamos mudar essa triste realidade.

TekNow



Sobre Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *