sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024 / 12:05
InícioNoticiasSem Rodolfo na disputa, Guarapari fica entregue à “mais do mesmo”. Entenda...

banner topo matérias 728x90px

Sem Rodolfo na disputa, Guarapari fica entregue à “mais do mesmo”. Entenda o caso

Política em um minuto – 22/11/2023

O empresário Rodolfo Mai era apontado pelo meio político como o favorito na disputa pela prefeitura de Guarapari em 2024. De forma surpreendente, o empresário comunicou a amigos e apoiadores que não vai se candidatar ao cargo de prefeito. O empresário falou com a nossa equipe que era: “uma pena, mas a demanda por atenção estava muito grande e já começava a atrapalhar minha vida particular e profissional. Eu queria muito colaborar para a melhoria de vida da população e retribuir o carinho que a cidade sempre me tratou, mas essa decisão é definitiva”, desabafou Rodolfo.

Com essa decisão o mercado político começou a especular os nomes que devem se colocar na disputa. “Rodolfo era o grande favorito, agora teremos que escolher o menos pior entre os que se apresentam”, desabafou um presidente de partido.

Mais do mesmo

Sem Rodolfo, a disputa deve ter os mesmos nomes e sobrenomes de sempre. Quando os eleitores de Guarapari forem às urnas, vão encontrar velhos conhecidos. O pleito deve ter Rodrigo Borges, integrante da tradicional família de políticos Borges. Outro nome que estava esquecido e deve ganhar força agora é do eterno candidato Gedson Merízio, que apesar do visual novo, deve trazer o velho discurso de que o governador quer que ele se candidate. Gedson deve ser o candidato do prefeito Edson Magalhães em dobradinha com a secretária municipal da Educação, Tamili Mardegan da Silva.

Quem também voltará a ter seu nome especulado é o vereador Wendel Lima. Ele carrega a marca de quase vencer as eleições que disputou para deputado por duas vezes. Wendel era pré-candidato a prefeito e quando soube que Rodolfo iria disputar, desistiu de enfrentar o empresário, agora é aguardar quanto tempo a “mosca azul” vai levar para “picar” Wendel.

Além desses nomes, outros devem ganhar força como o ex-presidente da Câmara Dantas e do deputado estadual Zé Preto, que também desistiu da disputa para apoiar Rodolfo e agora ficou sem candidato.

Um nome que aparece sempre nas pesquisas é do ex-deputado estadual Carlos Von, mas esse está inelegível e proibido pelo ministro Alexandre de Moraes de se candidatar ou mesmo de se manifestar nas redes sociais. Carlos Von continua monitorado pela Polícia Federal através de uma tornozeleira eletrônica.

À espera de um milagre

Grande parte da população espera ansiosamente por um nome novo, capaz de derrotar as figurinhas carimbadas que agora, sem Rodolfo na disputa, sonham com o cargo de prefeito.

banner lateral 300x300px 2

banner lateral 300x300px 2

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

banner lateral 300x300px 3