sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024 / 12:08
InícioNoticiasOs erros e acertos de Zé Preto

banner topo matérias 728x90px

Os erros e acertos de Zé Preto

Política em um minuto – 04/03/2023

Em 30 dias de mandato o deputado Zé Preto já coleciona críticas de aliados e opositores. A maior parte das críticas que recebe vem de cabos eleitorais que estão insatisfeitos com o comportamento do deputado por não cumprir o que prometeu durante as eleições de 2022.

Esse descontentamento começa a criar em Guarapari (ES), um ruído de que o deputado não cumpre promessas. Até o momento, as críticas mais duras são do ex-presidente da Câmara, Dantas, que divulgou um áudio em grupos de WhatsApp questionando se o deputado Zé Preto iria cumprir os acordos ou não.

Fogo amigo

Outro ponto que está minando a credibilidade do deputado é o fogo amigo de aliados que querem controlar o seu mandato. Um grupo de “politiqueiros”, conhecido na cidade e que trabalhou muito para Zé Preto se eleger, está se movimentando nos bastidores para derrubar a chefe de gabinete do deputado. Pelo que se comenta nos bastidores da política de Guarapari, esse grupo quer “mandar” no deputado e sua chefe de gabinete o protege dos politiqueiros.

Quem é ela

A chefe de gabinete do deputado, Tainah Freire Mozer, é advogada e acompanha o deputado desde o mandato de vereador. Na Assembleia Legislativa (Ales), o comentário é que nomear Tainah no cargo de chefe de gabinete foi um dos acertos do Zé Preto. Agora é esperar para ver se os assessores descontentes vão conseguir derrubá-la e assumir o controle do gabinete.

Mês das Mulheres

Mas não foi só com Tainah que Zé Preto acertou. Na Ales se comenta que o gabinete do deputado é o que concentra o maior número de mulheres trabalhando. Enquanto os assessores conspiram contra as mulheres, as assessoras fazem todo o trabalho.

Nos passos de Von

Dizem em Guarapari que o ex-deputado Carlos Von errou quando anunciou que era candidato a prefeito muito cedo e esqueceu de cuidar do mandato de deputado. Outro erro do ex-deputado foi abrir um gabinete externo onde assessores faziam “nada” o dia inteiro. O tempo ocioso dos ex-assessores de Von foi gasto criando inimizades na cidade e brigas internas no gabinete. Von também teria errado ao não cumprir acordos com cabos eleitorais e ter se cercado de novos aliados que não tinham compromisso com o projeto político de Von. Será que Zé Preto não aprendeu com os erros de Von?

Rompimento com o Executivo

Quando se elegeu o deputado Carlos Von discursou afirmando que seria “um soldado do governador Renato Casagrande” e dois meses depois rompeu com o Governo, o que rendeu muitas críticas ao deputado que não conseguiu ter suas emendas aprovadas e pagas pelo governador.

Zé Preto fez diferente: se elegeu criticando o governador e depois correu para virar soldado de Casagrande. O único problema é que Zé Preto é deputado com espírito de vereador e precisa de máquinas e asfalto para agradar sua base e isso só o prefeito pode oferecer, mas Zé Preto, preocupado com a disputa pela prefeitura já rompeu com Edson Magalhães e, assim, não conseguirá atender aos pedidos das lideranças comunitárias de Guarapari.

Gabinete externo de Zé Preto

De que forma o deputado vai prestar conta do trabalho desenvolvido e da carga horária dos assessores que vão ficar o dia inteiro em Guarapari?

banner lateral 300x300px 2

banner lateral 300x300px 2

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

banner lateral 300x300px 3