Como mendigos, vereadores aceitam migalhas e aprovam empréstimo

Publicidade

banner topo matérias 728x90px

Política em um minuto – 10/06/2021

“Toda unanimidade é burra. Quem pensa com a unanimidade não precisa pensar”. Nelson Rodrigues.

Um certo empréstimo, pedido por um certo prefeito, que estava aguardando análise de um certo grupo de vereadores, foi aprovado sem ninguém ver. Para ser justo, além dos assessores e dos próprios vereadores, 12 obstinados espectadores se mantiveram esperançosos através das redes sociais, até que um dos observadores desistiu e sentenciou: “se gritar … não fica um”.

O comentário, desrespeitoso e generalizado, representa a opinião geral da população com o cenário político do Brasil.

Quem ler esse texto pode ficar se perguntando onde isso ocorreu e quais os nomes dos vereadores.

Se fosse seguir à risca as normas de jornalismo, já teria apresentado no primeiro parágrafo, o nome do município, do prefeito e dos vereadores. Mas, realmente não acho necessário, porque o que aconteceu aqui hoje, acontece todos os dias nesse país.

Mas, se na sua cidade for diferente e houver um amplo debate com a sociedade antes de que um vultuoso empréstimo seja aprovado por vereadores, nos conte, porque aí sim, essa informação deverá ser noticiada com o nome dos envolvidos e cada detalhe do ocorrido.

Por enquanto, vou guardar os detalhes dos bastidores, para o dia em que cheios de hipocrisia, esses que aprovaram tentem dizer que também foram enganados.

Hoje cada um tem sua verdade.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui