segunda-feira, 22 de julho de 2024 / 08:46
InícioDireitoExclusivo: Relatório da DRACO aponta suspeitos e confirma denúncias no caso do...

banner topo matérias 728x90px

Exclusivo: Relatório da DRACO aponta suspeitos e confirma denúncias no caso do “Laranja de Marataízes.” Leia a íntegra

O Realidade Capixaba teve acesso ao Relatório da DRACO (Delegacia de Repressão às Acões Criminosas Organizadas) que investiga uma organização criminosa atuante no Sul do Estado através de empresas em nome de “Laranjas” com o intuito de desviar milhões de reais de prefeituras. É o maior esquema de corrupção já detectado na Prefeitura de Presidente Kennedy, com mais de R$ 200 milhões de reais supostamente desviados dos cofres públicos municipais. Os alvos da operação adquiriram até avião e helicóptero, usados por autoridades.

A DRACO realizou a 1ª fase da operação no município de Presiddnte Keneddy onde foram apreendidos documentos e valores. No Relatório sigiloso consta uma lista de pessoas e empresas que receberam dinheiro das empresas investigadas. Todos os apontados no Relatório são investigados.

Segundo o documento sigiloso, nessa 1ª fase da operação são suspeitos de se beneficiarem do esquema agentes públicos e privados, como os empreiteiros Léo Goela e Elizeu Siqueira, assim como o fiscal de contratos Carlos Henrique Lana e seu filho. Também é investigado o lavador de carros Welter José da Costa apontado como Laranja na empresa. Welter foi quem denunciou o uso de seu nome e expôs todo o esquema, acusando o Procurador Geral da Prefeitura de Presidente Kennedy Rodrigo Lisboa Corrêa de lhe ameaçar de morte para forçar seu silêncio. Segundo o laranja, Rodrigo Lisboa seria parte da organização criminosa que usa o nome do lavador de carro nas empresas. O Procurador Geral da Prefeitura de Kennedy tentou censurar o site Realidade Capixaba para não divulgar essas informações, mas o juiz da 2ª Vara Cível de Vila Velha e o Tribunal de Justiça do ES negaram o pedido. Segundo a justiça, a liberdade de imprensa precisa ser preservada, até porque não houve excesso, erro ou abuso na divulgação dos fatos. Assim, o direito à informação da sociedade foi garantido pelos magistrados.

Sobre o relatório sigiloso da DRACO, nossa fonte explicou que: “nem todos citados nas transferências de dinheiro via PIX cometeram crimes, mas todos que receberam serão investigados. Mesmo que não façam parte da organização criminosa, há aqueles que se beneficiaram dos crimes de alguma forma, sabendo que se tratava de desvio de dinheiro público. Existem provas de que falsificavam a assinatura do “Laranja” para criar as empresas e movimentar contas bancárias, impedindo assim que ele soubesse dos milhões de reais movimentados em seu nome. Por isso, cada um será investigado para que as responsabilidades sejam identificadas” disse nossa fonte.

O site Realidade Capixaba divulga agora, com exclusividade, o Relatório sigiloso da DRACO na íntegra. Confira:

banner lateral 300x300px 2

banner lateral 300x300px 2

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

banner lateral 300x300px 3