Página Inicial / Noticias / Se esqueceu do que houve com Gotardo, Edson Magalhães?

Se esqueceu do que houve com Gotardo, Edson Magalhães?

Política em um minuto – 10/02/2020

Opinião

Diante de “meia-dúzia” de assessores e cabos eleitorais, o prefeito de Guarapari escreveu mais um triste capítulo da sua história política na cidade. Edson tenta se vitimizar na medida em que percebe não possuir mais “manobras jurídicas” para adiar a rejeição de duas contas. Dessa vez, Edson Magalhães aproveitou uma ordem de serviço para pregar “disputa no voto” aos seus adversários. Edson também tentou se vitimizar afirmando que existe um complô dos seus adversários para tirá-lo do poder através da justiça.

Quem não conhece o trabalho que Edson desenvolve nos bastidores pode até acreditar nesse perfil de coitadinho que o prefeito tenta apresentar. Mas, quem conhece a triste história de Edson Magalhães, sabe que o prefeito chegou ao poder depois que a Justiça afastou o então prefeito Gotardo, o que o levou Edson ao poder.

Gotardo dizia que foi traído por Edson Magalhães e acusava o prefeito de articular com a Câmara e a Justiça para conseguir sentar na cadeira que Gotardo tinha sido eleito para ocupar.

Quem não conhece o prefeito nos bastidores pode se enganar com o discurso de vítima, mas quem conhece Edson Magalhães sabe quem é “cabelo lambido” e seus aliados. Da próxima vez, alguém poderia perguntar ao prefeito Edson Magalhães se ele se esqueceu do trabalho que fez nos bastidores para tirar Gotardo da cadeira de prefeito e assumir o poder sem disputar no voto?



Sobre Redação

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *