Página Inicial / Economia / Parlamentares se manifestam contra importação de Café

Parlamentares se manifestam contra importação de Café

 

foti:ALES
foto:ALES

Esta semana, parlamentares capixabas se manifestaram contra a decisão do Ministério da Agricultura, de autorizar a importação de café do Vietnã.

Com a decisão, as importações poderiam ser feitas somente do Vietnã e com o limite de 1 milhão de sacas. Para ajudar nessa negociação, até o imposto de importação seria reduzido de 10% para 2%. A situação gerou apreensão nos produtores e pressionou o governo.

Segundo o presidente do Centro do Comércio de Café de Minas Gerais, a medida é injusta com os produtores do Sul de Minas e, principalmente, das regiões produtores de conilon.

Na Assembleia Legislativa do ES, o deputado Marcos Mansur (PSDB) foi o primeiro a se manifestar contra tal medida. Disse ele:

“Essa medida vai trazer imenso prejuízo para os produtores capixabas. São mais de 400 mil empregos afetados.”

O deputado tucano destacou ainda a participação do Secretário Estadual de Agricultura,Octaciano Neto, por sua participação e postura contundente.

Em sua fala o deputado José Esmeraldo (PMDB) ainda ironizou: “este Ministro nem deve tomar café, apenas soja”, fazendo referência ao imenso latifúndio de soja do Ministro Blairo Maggi.

Em Brasília, o senador Ricardo Ferraço protocolou um Projeto de Decreto Legislativo que torna sem efeito a decisão do Ministério e disparou:

“O Ministério da Agricultura, em lugar de defender o agricultor, professa sua covardia ao autorizar a importação de café. Vamos às vias de fato para barrar essa brutalidade contra quem bota a mão na terra para gerar riqueza com trabalho honesto.

16864487_1831533646864139_3162937106451445204_n

 

TekNow



Sobre Redação

Comentários

  1. Bom texto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display