Página Inicial / Direito / O último a sair …

O último a sair …

Denunciada por favorecer empreiteira que tem contrato com seu escritório de advocacia e investigada pelo MP e pelo GAECO (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), a procuradora do município de Guarapari e braço direito do prefeito Edson Magalhães pediu exoneração da prefeitura.

Em reunião com os secretários do município, na manhã de segunda-feira (18), a procuradora Lúcia Roriz alegou motivos particulares para sair, mas nossa fonte na prefeitura informou que a situação dela estava insustentável e que a decisão de sair foi tomada em conjunto com o prefeito para ‘tirar o foco’ do MP sobre a administração municipal. “O prefeito está tentando descolar dele as denúncias que são graves. A procuradora acompanha o prefeito há muito tempo e essa desculpa dada não convenceu ninguém. O Edson queria que ela ficasse até o final do mês, mas ela preferiu sair logo. O prefeito está com dificuldade de substituir a Lúcia. Ele já convidou uma pessoa que recusou”, relatou nossa fonte. Relembre a denúncia feita pela equipe do Portal Realidade Capixaba contra a ex-procuradora do município: GAECO – MP investiga procuradora de Guarapari por suspeita de favorecimento à Empreiteira JCC

imagem8-219x300

20/06/2018

__________________________________________________________________________


Transparência-660x95



Sobre Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display