Página Inicial / Noticias / Mentiu para a Câmara e mentiu para a imprensa. Situação do vereador se complica. Entenda o caso

Mentiu para a Câmara e mentiu para a imprensa. Situação do vereador se complica. Entenda o caso

O vereador Clebinho Brambati procurou um veículo de imprensa do município de Guarapari para rebater a reportagem publicada pelo Portal Realidade Capixaba. Na matéria publicada pela nossa equipe, foi apresentado o fato do vereador ter mentido em plenário durante debate promovido pelos vereadores sobre a criação da CPI dos shows. O vereador Clebinho, em pronunciamento, disse ter em mãos um documento que seria a resposta do vice-prefeito Miguel Agrizzi ao Ministério Público. Essa afirmação serviu como motivo para que outros vereadores votassem contra a abertura do CPI, uma vez que Clebinho afirmou que já havia investigação em curso feita pelo MP a respeito das denúncias apresentadas pelo vereador Zazá.

Através de um veículo de imprensa, o vereador apresentou cópia do citado ofício que comprovaria existir a investigação do MP sobre a denúncia do vereador Zazá e afirmou que vai processar o portal Realidade Capixaba por calúnia. Nossa equipe teve acesso ao pedido de investigação feito pelo vereador Zazá e a data da denúncia tem início em 31 de janeiro de 2018, conforme comprova documento anexo:

2018

O documento apresentado pelo vereador Clebinho Brambati é uma resposta à outra investigação, conforme comprova o próprio documento apresentado pelo vereador a um veículo de imprensa. A data de início da denúncia respondida pelo vice-prefeito tem início em 2017, conforme comprova documento anexo:

2017
Sendo assim, fica comprovado que o documento apresentado pelo vereador Clebinho Brambati é anterior à denúncia feita pelo vereador Zazá.

Segue nota do nosso editor Marcelo Paranhos:

Nota à população de Guarapari sobre as denúncias de desvios de recursos nos eventos realizados pela prefeitura de Guarapari 

O portal de Notícias Realidade Capixaba (www.realidadecapixaba.com) é um veículo independente, que possui no jornalismo investigativo, uma ferramenta de combate à corrupção. Nos anos de 2017 e 2018, a nossa equipe publicou uma série de matérias denunciando irregularidades praticadas por agentes públicos do município de Guarapari.

Durante esse período, a nossa equipe sofreu ameaças e tentativas de intimidação. Em respeito aos colaboradores e leitores informamos que ratificamos todas as informações divulgadas nas matérias para esclarecimento dos fatos. Também protocolizamos na Câmara de Vereadores, em dezembro de 2017,  cópias das reportagens com os documentos anexados que embasam as matérias. E solicitamos por meio de ofício, o pedido de encaminhamento desses documentos para que todos os vereadores tomassem conhecimento, o que não aconteceu até o momento.

O vereador Denizart Zazá solicitou diretamente a nossa equipe cópia dos documentos para que ele pudesse solicitar a abertura de uma CPI, que ficou conhecida pela população, como a CPI dos Shows. Zazá também nos informou que solicitou investigações junto ao Ministério Público Estadual e ao Tribunal de Contas do Estado. Desde que essas informações vieram à tona, a equipe tem sido alvo de ataques por agentes públicos, na maioria das vezes, através de veículos de imprensa de Guarapari.

Com o objetivo de dar transparência colocamos à disposição de qualquer veículo de imprensa, autoridade pública, representantes de associação de moradores e de sindicatos de empregados ou patronal do município de Guarapari, o acesso a toda documentação levantada por nossa equipe.

A partir de hoje dizer que não tem conhecimento dos fatos é uma opção dos que não querem ver.

Equipe realidade capixaba



Sobre Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display