Página Inicial / Noticias / Hospital infantil da Serra vai receber recursos e equipamentos

Hospital infantil da Serra vai receber recursos e equipamentos

IMG-20180220-WA0015
Leonardo Duarte/Secom-ES

O anúncio de que o Hospital infantil da Serra vai receber recursos e equipamentos foi feito durante a manhã de hoje (20), após visita técnica às obras pelo prefeito Audifax Barcelos e pelo governador Paulo Hartung. Aproximadamente 8.700 gestantes e bebês serão atendidos anualmente no hospital, que terá 60 leitos maternos e 60 pediátricos. A estimativa é de que o número de partos chegue a 725 por mês.

“São 120 leitos, em uma região central, ao lado do terminal de ônibus, a aproximadamente um quilômetro da BR-101. Será de fácil acesso e vai ajudar muito a nossa população, melhorar muito no campo da saúde, não só para a população da Serra, mas da Grande Vitória e de todo o estado”, comentou o prefeito Audifax.  A previsão de entrega da obra, que é uma parceria entre o Governo Federal e a Prefeitura da Serra, é 2019.

“O prefeito pede uma parceria na hora do funcionamento do hospital e estamos sinalizando positivamente. Construir é um desafio, equipar é um desafio, mas o custo de manter um equipamento desses funcionando é muito pesado, e estaremos juntos nessa caminhada”, afirmou.

Foi criado um grupo de trabalho entre a Secretaria Estadual de Saúde e a Secretaria Municipal de Saúde da Serra para que possam ser estabelecidas e discutidas as necessidades do Hospital Materno Infantil.

Hospital Materno Infantil 

O município terá sua própria UTI Neonatal. A unidade está sendo construída em uma área de 25 mil metros quadrados. Será composto por três pavimentos distribuídos em: assistência materno-infantil, serviços de apoio diagnóstico e terapêutico, casa da gestante, bebê e mulheres que tenham tido filho há até 45 dias (puérperas).

Um dos diferenciais vai ser a inserção do acompanhante no processo de atendimento ao bebê e à gestante, conforme a Política do Parto Humanizado. Novidade no município, o Hospital Materno Infantil vai ter um leito chamado “PPP”: Pré-parto, Parto e Pós-parto. Serão atendidas gestantes de baixo e médio risco.

Fonte: Secom-ES



Sobre Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display