Página Inicial / Esporte / Funcionário Fantasma em Guarapari? Secretaria de Turismo responde ao MP

Funcionário Fantasma em Guarapari? Secretaria de Turismo responde ao MP

O Ministério Público investiga denúncia de que o vice-prefeito de Guarapari Miguel Agrizzi, que responde pela Secretaria de Turismo e Esportes, estaria atestando ponto de servidor que não cumpre carga horária obrigatória. Ao receber a denúncia n° 2017008825 no dia 21/06/2017, o MP classificou como possível CRIME DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA.

A denúncia é de que o Sr. Rudson Mattos Souza estaria recebendo da prefeitura e trabalhando em outro local no horário de expediente. Ele ocupa o cargo comissionado de gerente de Esportes, na Secretaria de Turismo e Esporte.

O Ministério Público encaminhou ofício requerendo explicações à Prefeitura Municipal de Guarapari para apurar a existência de funcionários “fantasmas” na secretaria de Turismo e Esportes do Município. Se comprovado os servidores podem responder por peculato, capitulado no art. 312 do Código Penal. que diz: Aquele que, na condição de servidor público, recebe remuneração sem, efetivamente, exercer as respectivas atividades, incide no crime de peculato.

Na resposta encaminhada ao Promotor de Justiça Genésio José Bragança, o vice-prefeito e secretário de Turismo Miguel Ângelo Agrizzi afirma que:

“Em resposta ao ofício OF/PCGU/5°PJC/N°346/2017 1ª PJCG/N°055/2012, informo que o servidor Rudson Matos Souza cumpre integralmente carga horário na função para qual foi nomeado nos seguintes turno e horários.

Turno Matutino – 08h às 12h (Terça e quinta);

Turno Vespertino – 12h às 18h (Segunda à sexta);

Turno Noturno – 20h às 22h (Terça e quinta). Eventos e projetos sociais no Ginásio Polivalente”.

resposta-rudson-mattos

Ao afirmar que o mesmo cumpre no turno matutino o expediente das 08h às 12h nas terças e quintas, o vice-prefeito comete imprudência e pode ser responsabilizado por ato culposo, já que o SR. RUDSON MATOS SOUZA leciona a disciplina de FUNDAMENTOS DO MOVIMENTO HUMANO no curso de EDUCAÇÃO FÍSICA NA FACULDADE PITÁGORAS na sala 104a, das 08h às 11h, na quinta-feira conforme grade exposta no corredor do 1° piso da faculdade.

cargahoraria

Outro fato que chama atenção é que o Sr. Rudson Matos é funcionário da Academia Agrizzi. Rudson é coordenador da escolinha de futebol que funciona dentro da academia de propriedade do vice-prefeito. Ao Ministério Público, Rudson Matos e Miguel Agrizzi terão que explicar em qual horário o gerente de esportes atua nas dependências da academia e como consegue se dedicar aos três empregos, levando em conta que a carga horária na prefeitura é de 40 horas semanais.

gmail

A denúncia envolvendo Rudson Matos repercutiu nos corredores da câmara de Guarapari. Uma fonte informou que Rudson estaria sendo cotado para assumir o comando da Secretaria de Esportes por indicação do presidente da Câmara, vereador Wendel Lima, de quem é aliado político e um dos principais cabos eleitorais.

Agrizzei,wendel,rudson-image-2017-10-05-at-14-25-21

TekNow



Sobre Redação

5 Comentarios

  1. Ainda o promotor quer explicações diante de toda essa vagabundagem ?. Pô me ajuda aí viu !.

  2. Ate tu Brutus????

  3. Estas falcatruas já são antigas em Guarapari, em todos os mandatos houve isto , e sempre haverá , uns serão descobertos , outros não , entretanto algo eles terão em comum , ninguém será punido ,cego é quem não quer ver .

  4. E ele com essa banca toda….então era isso estava chovendo dinheiro na horta, quer dizer na conta. Guarapari das panelas…quando isso vai acabar? Vergonhoso, muito vergonhoso, raça se víboras, raposas velhas ensinando para raposas novas. Tudo bandido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display