Página Inicial / Cidades / Deputado Enivaldo recebe denúncia sobre aumento do número de moradores de rua em Guarapari

Deputado Enivaldo recebe denúncia sobre aumento do número de moradores de rua em Guarapari

enivaldo

O deputado estadual Enivaldo dos Anjos (PSD) recebeu de moradores da cidade de Guarapari, uma denúncia sobre o recente crescimento do número de pessoas em situação de rua nas vias públicas da cidade. Os moradores, que denunciaram o poder público municipal, afirmam haver uma postura de descaso por parte do município, que permite a permanência de andarilhos e pessoas em situação de moradia precária em importantes pontos da cidade.

“A fiscalização foi lá depois de várias reclamações que fizemos às secretarias e fizeram a apreensão de uma barraca de acampamento em que os indivíduos ficavam e diziam estarem acampando como turistas. É absurdo porque no mesmo dia eles estavam de volta ao local”, disse um denunciante ao deputado.

Enivaldo dos Anjos mostrou preocupação com o caso e se prontificou a buscar respostas junto ao poder público do município. Diante do caso, o deputado estadual pretende oficiar a prefeitura para que não apenas explicações sejam dadas, mas também um plano de como reverter a situação.

Nas denúncias recebidas por Enivaldo dos Anjos, várias imagens retratam barracas e pessoas em situação de rua ao lado de pontos importantes de turismo na cidade, como o antigo Radium Hotel, tombado pelo patrimônio histórico municipal.

Não é a primeira vez que denúncias envolvendo a gestão de Guarapari chegam ao gabinete de Enivaldo dos Anjos. Recentemente, diferentes representantes da empresa VGN, Vista Group Network – concessionária que administra o estacionamento rotativo da cidade – foram convocados para prestar depoimento na CPI da Máfia do Guincho. Além dos empresários, membros da administração pública também já estiveram sentados diante do colegiado para explicar denúncias feitas por moradores da cidade sobre a prática duvidosa do rotativo de Guarapari.

TekNow



Sobre Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *