Página Inicial / Cidades / Declarações de Wendel Lima podem dividir a Câmara de Guarapari

Declarações de Wendel Lima podem dividir a Câmara de Guarapari

whatsapp-image-2017-06-27-at-12-11-53

Acusado de perseguição política, o ex-prefeito de Guarapari, Orly Gomes, vai pedir explicações a Câmara de Vereadores.
Em nota divulgada a imprensa, Orly Gomes rebate acusações e reprova a fala do vereador Wendel Lima.
As declarações podem provocar uma divisão na base do prefeito Edson Magalhães de quem Wendel  é aliado. Orly Gomes é do PDT e seu partido possui três vereadores que apoiaram a eleição de Wendel Lima a presidência da Câmara. Um presidente de partido com representação na câmara revelou que a interpretação do meio político é que “Wendel errou em atacar o Orly e agora vai criar um clima tenso na Câmara”, o político de alta patente, que pediu para não ser identificado informou que “se Orly realmente entrar com a reclamação teremos que decidir se apoiamos Orly ou se continuamos na base de apoio ao Wendel.”

Veja nota divulgada por Orly Gomes:

“Em resposta aos ataques sofridos.

Quando a política é utilizada para ataques pessoais e infundados precisamos parar e refletir. O Brasil passa por uma reformulação ética e a população não aceita mais esse comportamento.

Tenho acompanhado pela imprensa a notícia de que o presidente da Câmara de Vereadores de Guarapari, de forma gratuita, fez acusações sérias e infundadas a minha pessoa. Durante os quatro anos que estive à frente da prefeitura de Guarapari pautei minha atuação pela conduta ética e de respeito com o bem público, isso pode ser comprovado pelo simples fato de que conclui meu mandato sem nenhum questionamento. Cumpri meu tempo à frente da Administração municipal, dei minha contribuição e tenho me dedicado a minha família e minha empresa.

Tenho muito orgulho de ter resolvido gargalos históricos em Guarapari como a licitação dos ônibus, a moralização dos táxis com a inclusão do taxímetro e a organização dos ambulantes, além de muitas obras estruturantes, sempre respeitando o dinheiro público, os salários dos servidores e os atos assinados com os prestadores de serviço.

Sai da prefeitura pela porta da frente depois de cumprir meu mandato na íntegra. Ando de cabeça erguida por ter tido a coragem de resolver questões importantes para a minha cidade, sem me preocupar se as ações seriam populares, pois nunca fiz populismo e nem busquei autopromoção com o mandato, o que para muitos me diferenciou dos políticos profissionais que mascaram os problemas da cidade e fogem das discussões importantes se escondendo atrás de ‘pão e circo’.

De maneira responsável, estou encaminhando a câmara municipal uma solicitação de acesso a cópia da sessão do dia 20 de junho para apurar o real teor do pronunciamento do presidente da câmara e assim tomar as medidas que entender necessárias.

Atenciosamente,
Orly Gomes.”

Reportagem, Joice Biane.

TekNow



Sobre Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display