Página Inicial / Esporte / De bicicleta, Fogão abre vantagem

De bicicleta, Fogão abre vantagem

botafogo_gazetapress

 

O Botafogo ficou perto de superar a difícil sequência por um lugar na fase de grupos da Copa Libertadores. Depois de ter eliminado o Colo Colo, o time carioca superou o Olimpia por 1 a 0 no Engenhão, nesta quarta-feira, pelo confronto de ida da última etapa eliminatória.

O único gol da partida foi marcado por Rodrigo Pimpão aos 36 minutos do primeiro tempo com uma bicicleta após cobrança de lateral na área.

O resultado permite a equipe carioca jogar por um empate ou por uma derrota por um gol de diferença, desde que balance a rede, para ficar com a vaga na chave 1, que conta com Atlético Nacional-COL, Estudiantes-ARG e Barcelona-EQU.

O duelo de volta ocorrerá já na próxima quarta-feira, em Assunção, no Paraguai. Antes, no domingo, o Botafogo visitará o Boavista, às 17h, pelo Carioca. No mesmo dia, o Olimpia jogará em casa contra o Independiente FBC, pelo Paraguaio, às 18h.

As más notícias para o torcedor botafoguense ficam por conta dos problemas sentidos por Montillo e Bruno Silva, que tiveram de sair do confronto. O argentino, inclusive, era dúvida para a partida.

  • Montillo machucado e pintura de Pimpão

Os mandantes tomaram a iniciativa e foram para cima nos primeiros dez minutos, criando situações de perigo. Porém, o bom início sofreria o baque com uma notícia negativo aos 13 minutos, quando Montillo caiu no gramado e precisou ser substituído, dando lugar a João Paulo.

Com o passar do tempo, diminuiu o ímpeto dos cariocas, e o Olimpia conseguiu neutralizar bem o adversário. Porém, apesar de o ritmo da partida ter ficado menos intenso, o Botafogo conseguiria abrir o placar aos 36min. Jonas cobrou lateral na área, Roger não conseguiu o desvio, e Rodrigo Pimpão concluiu com uma meia bicicleta para fazer um golaço. Vale citar que esta jogada de lateral de Jonas já havia levado perigo no começo do jogo.

  • Mais lesões e nada de gols

Para a volta do intervalo, o Botafogo sofreu nova baixa. Bruno Silva sentiu um problema na coxa direita, e Guilherme foi a campo. Com 3min, outra saída por questão física, desta vez do lado paraguaio. Fernández precisou sair e deu vaga a Jonathan González.

A primeira boa chegada na segunda etapa veio aos 14min, quando Roger finalizou sem força e mandou ao lado do alvo. Quatro minutos depois, Benítez aproveitou vacilo de Marcelo e João Paulo e parou em boa defesa de Helton Leite.

O jogo só voltaria a ter um lance de perigo aos 35min. Após saída ruim do goleiro Azcona, Roger cabeceou por cima do alvo, perto do travessão. Sem mais gols, a maioria dos torcedores pôde comemorar a vitória no Engenhão e a proximidade de uma vaga na fase de grupos.

 fonte: espn.uol.com.br
TekNow



Sobre Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display