Página Inicial / Esporte / Coluna “Saúde e Bem-Estar” – Outubro Rosa

Coluna “Saúde e Bem-Estar” – Outubro Rosa

Na década de 90 nasce nos Estados Unidos, o movimento conhecido como outubro rosa. Inicialmente, apenas alguns estados americanos faziam campanhas isoladas sobre o tema, somente depois que a campanha foi aprovada pelo congresso americano é que outubro foi reconhecido nacionalmente como o mês da prevenção contra o câncer de mama.

No Brasil esse movimento deu seus primeiros sinais apenas em 2002, mas foi somente em 2008 que o movimento ganhou força, com lançamento de campanhas, corridas, eventos que colocavam em evidência a campanha e todas as cidades iluminando seus monumentos principais com a cor de rosa.

Outubro rosa é importante para que as mulheres parem e prestem um pouco mais de atenção no seu corpo e nos sinais que ele pode apresentar. A detecção precoce é crucial para que o tratamento tenha sucesso, no câncer de mama, 95% dos casos diagnosticados no início tem possibilidade de cura.

O autoexame deve ser feito para que conheça sua mama e caso apareça qualquer sinal de anormalidade como caroços, seja no seio ou na axila, vermelhidão, aumento da mama e outros, você logo perceba. Assim como pode não ser nada um caroço no seu seio pode ser um câncer de mama, então a qualquer sinal de anormalidade não hesite em procurar um médico.

O número de aumento de casos no mundo se deve a alguns fatores. Um deles está relacionado ao estilo de vida, como hábitos alimentares inadequados, ingestão excessiva de bebidas alcoólicas, obesidade, exposição excessiva a hormônios e outros.

Mas, de nada adianta fazer o autoexame, ser diagnosticada precocemente e esperar meses para agendar uma consulta ou iniciar o tratamento depois de tempos na fila de espera. Nisso o Brasil precisa melhorar e muito, e o outubro rosa também serve para que possamos cobrar das autoridades esse acesso ao serviço gratuito de saúde de forma eficiente.

Conheça seu corpo, busque hábitos saudáveis como alimentação equilibrada e atividade física regular e a qualquer sinal mínimo de anormalidade com sua mama, procure um especialista, não perca tempo, o diagnóstico precoce salva vidas.

 

THAMIRES

Thamires L. Moraes

Bacharel/ Licenciatura Educação Física, pós-graduada em Educação Física Escolar.

 


 

 

O conteúdo do texto é exclusivo e de responsabilidade do autor.

TekNow



Sobre Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *