Página Inicial / Direito / CGU aponta sobrepreço em obra do hospital de Guarapari

CGU aponta sobrepreço em obra do hospital de Guarapari

Política em um minuto – 20/01/2020

Opinião

O relatório divulgado pela CGU (Controladoria-Geral da União) aponta indícios de sobrepreço na compra de materiais para a obra do hospital de Guarapari.

Antiga promessa de Edson Magalhães, a obra do hospital caminha para ser o maior desperdício de dinheiro público da história do município. Segundo dados divulgados pela CGU, além da suspeita de sobrepreço, a obra estaria apenas com aproximadamente 3% concluída e nesse ritmo seriam necessários mais de R$ 20 milhões e 5 anos para que fosse concluída. Mas, esse não é o principal problema, para a CGU, a prefeitura de Guarapari não conseguiu comprovar ter condições de equipar e administrar o hospital.

Conforme divulgamos em 15 de janeiro (Hospital de Guarapari: símbolo maior da trajetória política de Edson Magalhães) é possível concluir, com base no relatório da CGU que o prefeito Edson Magalhães tem conhecimento de que a obra é inviável e que a prefeitura não possui condições de administrar.

Reportagem Especial

Nossa equipe está analisando o relatório da CGU e nos próximos dias vai publicar uma matéria especial sobre o tema.



Sobre Redação

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *