Página Inicial / Empreendedorismo / Alunos do ES que estão fora da escola serão mapeados pelo Governo do Estado

Alunos do ES que estão fora da escola serão mapeados pelo Governo do Estado

unnamed

O projeto Todos na Escola, que é uma parceria do Governo do Estado om o Fundo Nacional das Nações Unidas pela Infância (Unicef), União Nacional do Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e municípios, tem como objetivo mapear os alunos que estejam fora da sala de aula e, assim, desenvolver ações para contribuir com a inclusão e a permanência desse estudante no ambiente escolar. A assinatura de adesão ao Projeto, aconteceu na manhã desta quinta-feira (18/7),  no Palácio Anchieta, em Vitória.

A “Busca Ativa” é uma das ações inseridas no Todos na Escola e é uma plataforma que auxiliará nessa estratégia para levantamento dos dados. A articulação com os municípios será importante neste processo, pois todo o trabalho contará com o apoio de agentes municipais de saúde, que já estão inseridos, diariamente, no convívio da população durante visitas realizadas às residências dos moradores.

Por meio da iniciativa, o Estado e os municípios terão dados concretos que possibilitarão planejar, desenvolver e implementar políticas públicas que contribuam para a inclusão escolar. O diagnóstico que é feito, atualmente, é baseado no Censo Escolar que aponta apenas a quantidade de pessoas em idade escolar fora da unidade de ensino. O mapeamento de quem são esses alunos, onde moram e por que estão fora da escola é o que será possível identificar por meio da “Busca Ativa”.

O governador Casagrande lembrou que são 25 mil jovens fora da escola no Ensino Médio no Espírito Santo: “Vamos atrás de cada um deles. Avançamos na educação, mas não é o suficiente. As oportunidades para quem não estuda são muito pequenas. Universalizar o acesso à educação é um ponto primordial. As escolas precisam ser atraentes, os jovens precisam se sentir atraídos a irem para a escola, tendo uma estrutura adequada, música, uso da tecnologia e esportes. Vamos relançar o Pacto pela Aprendizagem e fazer investimentos fortes nas áreas de infraestrutura e tecnológica na educação”, adiantou.

O secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, destacou que o propósito é identificar os alunos que já saíram das unidades. “Eles se matricularem ou não é uma decisão delas, mas o Governo do Estado tem que oportunizar as condições para isso, seja criando as vagas (que já existem) e conhecendo o perfil dessas pessoas (as razões pelas quais elas saíram das escolas), para que possamos ir adequando o perfil da escola, da vaga, localização da vaga e o perfil da escola que o aluno almeja, por exemplo”, afirmou.

A representante do Unicef no Brasil, Florence Bauer, destacou a importância da integração para o alcance dos resultados durante os trabalhos da Busca Ativa. “É importante que os setores trabalhem juntos para que o aluno efetivamente volte a estudar. Para a Unicef, a parceria com o Governo do Estado e demais instituições envolvidas é muito importante. Atualmente, 12 municípios já aderiram e a expectativa é avançar. Nosso foco é a inclusão da criança na escola”, disse.

Também estiveram presentes na solenidade, a vice-governadora Jaqueline Moraes e a subsecretária de Educação Básica e Profissional da Sedu, Andrea Guzzo. Do Unicef estavam a coordenadora da Plataforma dos Centros Urbanos Região Sudeste e chefe do escritório do Unicef no Rio de Janeiro, Luciana Phebo; o oficial nacional de Educação do Unicef, Julia Ribeiro; o oficial UNV Comunicação Unicef São Paulo, Mélanie Layet; e a consultora para o Estado do Espírito Santo, Vania Tardin. Também participaram o presidente da Associação dos Municípios do Estado do Espírito Santo (Amunes), o prefeito de Viana Gilson Daniel; e o presidente da Undime Estadual, Vilmar Lugão de Brito.

Fonte: Assessoria Governo ES

No Banner to display



Sobre Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *